Cerca de 2 mil pessoas são beneficiadas em mais uma Ação Cidadania

05/10/2019 22h22 - Atualizada em 06/10/2019 11h07
Por Nathalia Mota (PARAPAZ)

A comunidade do entorno chegou cedo e usufruiu de vários serviços oferecidosCerca de 2.300 pessoas participaram dos atendimentos da Ação Cidadania no distrito de Icoaraci neste sábado (5), realizadas das 8h às 15h, na Igreja do Evangelho Quadrangular, no bairro do Cruzeiro. 

Para o pastor Valmir, é o povo que ganha com a iniciativa. “Fico feliz porque a igreja também tem o compromisso de viabilizar com as autoridades benefícios para nossa comunidade”.

A comunidade do entorno chegou cedo e recebeu a senha referente ao atendimento desejado. Parceira da ação, a Empresa Técnica de Assistência e Extensão Rural (Emater), orientou sobre alimentação saudável e ofereceu uma amostra de salada refrescante, com frutas, verduras e suco detox, feitos exclusivamente para os que aguardavam.

Mais uma vez, a emissão de documentos foi um dos serviços mais procurados, principalmente a identidade e a 2ª via da certidão de nascimento. Natural de Viseu, no nordeste paraense, Eliana Coelho precisava de uma certidão de nascimento atual, mas não tinha como ir até a cidade natal para tirar. Por meio da Defensoria Pública do Estado, ela conseguiu dar entrada. “Nem precisei ir até Viseu, pois estou com problemas de saúde, mas já resolvi tudo por aqui”.Serviços de estética foram muito procurados pelas moradoras da área

Keitelaine Silva também esperava para tirar sua 2ª via. “Antigamente eu não sabia o valor de um documento. Não guardava direito, dobrava e deixava de qualquer jeito em casa, até que ia ficando cada vez mais velho”, disse a dona de casa.

 A diarista Elmiciane Almeida precisava de uma consulta oftalmológica e conseguiu ser atendida rapidamente durante a ação deste sábado. “Eu tenho carne crescida no olho e me incomoda demais. Já fui avaliada e preciso operar mesmo”, constatou. A cirurgia para retirada da carne crescida era agendada imediatamente.

A primeira-dama Daniela Barbalho acompanhou a programação e ressaltou o compromisso do governo com a promoção da cidadania Governo presente – Quem também esteve no local foi a primeira dama do estado, Daniela Barbalho, que comentou sobre a grande demanda de emissões de documentos no mutirão de serviços pelo Pará. “São ações de políticas públicas, honrando o compromisso de fazer o estado presente. Sem a certidão de nascimento, não se consegue cadastrar o filho na escola, tirar o cartão do SUS, tirar a identidade, então é muito gratificante proporcionar a cidadania, que é de direito, para a população”, afirmou.

Comprometimento – Ao final da ação, a presidente da Fundação ParáPaz, Ray Tavares, disse estar satisfeita, já que o projeto nunca havia chegado até Icoaraci. “O governo está atendendo a todos os públicos. Já levamos a ação para Ananindeua e agora atendemos a comunidade daqui”, comentou. “Estamos oferecendo trinta e cinco serviços aqui, se não fosse por nossos parceiros, não conseguiríamos atender tanta gente”, ressaltou.

A Ação Cidadania é um programa do Governo do Estado que, em parceria com outros órgãos, leva serviços itinerantes à população. Vinte e duas ações foram realizadas desde o início deste ano, com a iniciativa passando 16 municípios.