Pautas


Governo do Estado lança programa Pró-Mulher em Bragança

Por Roberta Meireles (SEGUP)
Abertura: 12/05/2022 10h00
Encerramento: 12/05/2022 11h00
Local: Bragança
Endereço: Avenida Jader Barbalho, S/N - Centro / Vila do Treme
Contatos: Ascom Segup - (91) 99817.8141.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), irá lançar o Programa “Pró-Mulher Pará”, durante agenda oficial, nesta quinta-feira (12), em Bragança, na região nordeste do estado. O programa tem o objetivo de proporcionar a proteção, bem como prestar orientação e auxílio por meio de atendimento humanizado às mulheres vítimas de violência doméstica, atuando de forma preventiva e repressiva em situações emergenciais.

O programa contará com o apoio exclusivo de uma viatura, da Guarda Municipal de Bragança, que terá a logomarca do Pró-Mulher Pará e será utilizada, exclusivamente, para atendimentos de casos de violência doméstica no município. 

Atendimento – O programa está sendo desenvolvido a partir de duas frentes, com ações preventivas e repressivas. As ações repressivas ocorrem a partir das ligações feitas ao canal de urgência e emergência (190) que direcionará as chamadas a Central de Atendimento e Despacho (Sinesp-Cad) do município e, também ao Núcleo Integrado de Operações (Niop Capanema), que será atendida por uma equipe capacitada que encaminhará para outra a equipe policial que atenderá a denúncia, além de acompanhar, em tempo real, o fato.

Além disso, após o atendimento, é feita uma contagem do número de chamadas realizadas, pela mesma vítima, que entra automaticamente para o “Cartão Programa”, que garante visitas periódicas e de acompanhamento por meio da equipe de patrulhamento especializado, a qual será realizada na viatura exclusiva do programa.

Capacitação - A Segup, por meio da Diretoria de Prevenção Social da Violência e Criminalidade (Diprev) e do Centro Integrado de Operações (Ciop), está capacitando representantes dos órgãos de segurança que darão suporte ao programa. As equipes estão sendo treinadas para realizarem o atendimento humanizado às mulheres vítimas de violência doméstica, além de ações preventivas em combate ao crime.

Descentralização - Após ser lançado no Dia da Mulher, em 8 de março passado, na Região Metropolitana de Belém, o programa já alcançou também o município de Marabá e agora chega a Bragança, descentralizando as ações especializadas para o combate à violência doméstica e a qualquer outro crime contra as mulheres.