Pautas


Secult e trabalhadores do entorno lavam prédio do Arquivo Público do Pará

Por Úrsula Pereira (SECULT)
Abertura: 02/12/2019 07h00
Encerramento: 02/12/2019 10h00
Local: Arquivo Público do Pará
Endereço: Trav. Campos Sales, 273 (esquina da 13 de Maio) - Belém
Contatos: Ascom Secult: Úrsula Pereira (91) 98092-3896 / Gabriel Marques (91) 98551-2114 / Rodrigo Avelar (91) 98472-5052

Da necessidade de preservação e conscientização do Centro Histórico de Belém, que é um verdadeiro museu a céu aberto, nesta segunda-feira (2), às 7h, a Secretaria de Estado de Cultura (Secult) realiza uma ação de educação patrimonial que consiste na lavagem da parede externa e da calçada do prédio do Arquivo Público do Estado do Pará (Apep). A atividade ocorre em conjunto com os trabalhadores ambulantes que ocupam a calçada.

A ação recebeu autorização da Diretoria de Patrimônio do órgão, que orientou sobre a técnica que deve ser utilizada para que a lavagem seja eficiente e a pintura não seja danificada.

Arquivo Público - Não se tem dados concretos sobre sua construção, porém estima-se que foi na segunda metade do século XIX, aproximadamente em 1848, período em que surge o Banco Comercial do Pará, primeira instituição (privada) a ocupar o espaço.

Com 118 anos de existência, o Arquivo Público se consolidou como um dos principais locais de pesquisa do meio acadêmico. São cerca de 4 milhões de documentos que abrangem os períodos colonial, imperial e republicano, tornando essa documentação extensa e ímpar. Com o seu acervo, é possível compreender, por exemplo, a forma como se deu a ocupação da Amazônia pelos portugueses, as múltiplas vivências com os grupos indígenas, a introdução e o trabalho de etnias africanas, os conflitos e revoltas, as muitas transformações políticas, econômicas, sociais e culturais nos últimos quatro séculos.