Pautas


Projeto Lamparina Acesa realiza oficina sobre educação inclusiva

Por Daniel Leite Júnior (UEPA)
Abertura: 09/08/2019 18h00
Encerramento: 17/10/2019 18h00
Local: Sala do PPGED
Endereço: Campus I - CCSE (Travessa Djalma Dutra, s/n – Telégrafo)
Contatos: 4009-9539

O projeto Lamparina Acesa – Literatura Acessível, do Núcleo de Pesquisa Culturas e Memórias Amazônicas (Cuma), da Universidade do Estado do Pará (Uepa), começará, nesta terça-feira (13), a oficina de Audiodescrição no contexto escolar. As atividades serão realizadas entre 18h e 21h, na sala do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGED), localizada no Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE), o Campus I da Universidade.

A oficina ofertou 30 vagas e preencheu todas, tendo carga horária de 50h distribuídas por três meses de aulas às terças e quintas-feiras. A proposta busca atingir professores da Educação Básica que, preferencialmente, atendam alunos com deficiência visual. O projeto Lamparina Acesa – Literatura Acessível tem o objetivo de formar profissionais capazes de levar recursos e serviços que pensem a realidade da pessoa com deficiência visual dentro da sala de aula e com isso ampliar a acessibilidade.

"Essa oficina é mais uma das ações do projeto que cria caminhos para a afirmação de práticas pedagógicas, que pensam a acessibilidade de pessoas com deficiência visual" comentou a coordenadora do projeto Lamparina Acesa – Literatura Acessível, Joana Martins.

Para ministrar a oficina, foi montada uma equipe com membros do Cuma. São eles: o mestre em Educação, Clóvis Martins, professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA); a mestra em Educação, Joana Martins, professora da Secretaria Municipal de Educação (Semec) e integrante do grupo de contadores de histórias Ayvu Rapyta; e a mestra em Educação, Mônica Carvalho, professora colaboradora da Faculdade de Ciências de Wenceslau Braz (Facibra).

Projeto

Subprojeto do Programa Cartografias Poéticas da Amazônia, do Núcleo de Pesquisa Culturas e Memórias Amazônicas (Cuma), o Lamparina Acesa – Literatura Acessível pretende disponibilizar obras da literatura amazônica, na forma de livro falado e outras tecnologias possíveis. A idéia é permitir o acesso à produção poética produzida na região amazônica para pessoas com deficiência visual.

O projeto iniciou em 2015 e, desde então, segue com atuações que buscam sensibilizar profissionais da educação para a instrumentalização da docência, referente a questões relacionadas ao âmbito da deficiência visual. O Lamparina Acessa busca, também, formar profissionais que atuem na “tradução” da palavra escrita para cenário educacional.

Serviço:

Oficina de “Audiodescrição no contexto escolar”

Período: 13 de agosto a 17 de outubro

Horário: 18h às 21h (terças e quintas-feiras)

Local: Sala do PPGED, no Campus I-CCSE (Travessa Djalma Dutra, s/n – Telégrafo)

Fone: 4009-9539