Nova titular do Hemopa assume com proposta de gestão integrada

11/01/2015 20h42

Uma gestão integrada, pautada em ações voltadas ao aumento da reserva técnica de sangue, maior desafio enfrentado pelo Hemocentro do Pará ultimamente, e maior integração da hemorrede estadual. São as principais metas definidas para o quadriênio 2015/2019, e compromissos assumidos pela nova titular da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa), Ana Suely Saraiva, que toma posse nesta segunda-feira, 12.

“Vamos realinhar o Planejamento Estratégico do Hemopa para que possamos atender tanto às demandas impostas atualmente à hemorrede nacional como às nossas prospecções para o futuro, que vão muito além desses quatro anos previstos", ressaltou a nova presidente, destacando nesse contexto a creditação obtida junto à American Association of Blood Banks e Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular, e ainda à descentralização da coleta de sangue, com a inauguração da Estação Castanheira, em dezembro passado.

Servidora desde 1985, a nova presidente já desempenhou diversas funções em inúmeros departamentos da Fundação. Em 2008, foi colaboradora no Programa de Coagulopatias Hereditárias do Ministério da Saúde, na Coordenação Geral de Sangue e Hemoderivados, em Brasilia.

Graduada em Farmácia, com habilitação em Bioquímica, pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Ana Saraiva traz no currículo, ainda, especialização em Gestão de Hemocentros, pelo Programa Integrado de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PICPASC), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE/Ministério da Saúde) e especialização em Epidemiologia, pelo Núcleo de Medicina Tropical da UFPA.

Por Redação - Agência PA (SECOM)