Pará teve o segundo maior saldo da balança comercial do país em 2014

04/02/2015 18h34

O saldo da balança comercial paraense foi o segundo maior do Brasil no ano passado, atrás apenas de Minas Gerais. A informação é da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas do Pará (Fapespa), a partir do Boletim do Comércio Exterior, divulgado nesta quarta-feira (4), com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

No acumulado de 2014, o Pará registrou saldo de US$ 13,293 bilhões, enquanto a balança comercial mineira ficou em US$ 18,319 bilhões. Embora o resultado seja positivo, o saldo paraense foi 9,82% menor que no ano anterior, quando o superávit comercial do Estado encerrou o período em US$ 14,741 bilhões.

Considerando a balança comercial dos municípios, Parauapebas, no sudeste paraense, foi o que se destacou na quantidade de exportações no ano passado, quando obteve o maior valor exportado, principalmente do minério de ferro, atingindo a cota de US$ 7,619 bilhões, o que representou 53,43% do total das exportações do Estado. O resultado colocou o município na posição de maior exportador brasileiro e com maior superávit do Brasil em 2014.

No entanto, devido à redução do valor das exportações do minério de ferro, houve queda no total das exportações do Estado, em relação ao ano de 2013. “O desaquecimento da economia mundial, associado ao aumento do estoque global de aço, depreciou o preço da commodity mineral. A queda do valor exportado pelo Estado só não foi maior devido ao aumento das exportações do minério de cobre e da alumina calcinada, que variam positivamente 2% e 36%, respectivamente”, explica a diretora de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas e Análise Conjuntural da Fapespa, Geovana Pires.

Para transações comerciais, o Pará tem como parceiros Japão, Alemanha e China, sendo este o país que mais demandou exportações paraenses em 2014, acumulando um total de US$ 4,709 bilhões, correspondendo a 33% de participação da pauta exportadora do Estado. Contudo, as exportações destinadas ao país asiático encerraram 2014 com redução de 14,51%. O minério de ferro foi o produto de maior influência na queda das exportações para a China, uma vez que representou diminuição de 16,28% do valor da commodity, em comparação com 2013.

A análise do boletim elaborado pela Fapespa aborda o comportamento do saldo da balança comercial do Estado levando em consideração as relações comerciais do Pará com os países de destino e de origem e os produtos exportados e importados. A íntegra do Boletim do Comércio Exterior Paraense em 2014 pode ser acessada no site da Fapespa (www.fapespa.pa.gov.br).

Por Redação - Agência PA (SECOM)