Governo e sindicalistas negociam a Gratificação de Desempenho de Gestão

17/03/2015 17h35

O Governo do Pará deu mais um passo, nesta terça-feira (17), no processo de criação da Gratificação de Desempenho de Gestão (GDG) para os servidores da Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster). O benefício, uma antiga reivindicação da categoria, foi tema de mais uma rodada de negociação, com a participação da secretária de Estado de Administração, Alice Viana, do titular da Seaster, Heitor Pinheiro, e de representantes do Sindicato dos Servidores das Fundações do Pará (Sindfepa), na sede da Secretaria de Administração (Sead).

Alice Viana explicou que o governo do Estado está cumprindo o que foi acordado na última reunião. "O projeto de lei está pronto, após o redimensionamento para atender a integralidade dos servidores da Seaster, e vamos encaminhá-lo para a Secretaria de Planejamento na próxima semana. Após a análise da Seplan o projeto será encaminhado à Procuradoria-Geral", ressaltou.

Sobre a implantação da GDG, Alice Viana explicou que "temos limite de gastos, e tudo será feito dentro da disponibilidade orçamentária e financeira do Estado, no contexto da crise econômica que o Brasil atravessa". Heitor Pinheiro ressaltou que o governo estadual reconhece a importância e o compromisso de implantar a gratificação. "Estamos tratando o assunto com a responsabilidade que compete a um gestor, para que possamos honrar a implementação da GDG. Após o redimensionamento do projeto, o total passou de R$ 500 mil para R$ 1,2 milhão", informou.

O projeto será encaminhado para a Secretaria de Planejamento até a próxima quarta-feira (26).

Por Redação - Agência PA (SECOM)