Sectet, Sedap, Sedeme e Setur se reúnem para discutir parcerias

13/04/2015 13h50
Por Redação - Agência PA (SECOM)

Promover o desenvolvimento socioeconômico e ambiental de nosso estado é um desafio que só pode ser encarado com a união de diversos setores estratégicos. Partindo dessa premissa, a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet) vem promovendo reuniões setoriais para ouvir as expectativas de diversas instituições e ajustá-las ao seu Plano Diretor 2015-2019. Nesta segunda-feira, 13, foi a vez das Secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme); de Turismo (Setur) e de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) apresentarem suas contribuições.

“Já inserimos as observações apresentadas pelas instituições vinculadas e, a partir de agora, ouviremos as outras instituições. Optamos por ouvir, neste encontro, as secretarias mais afinadas às nossas diretrizes. Queremos alinhar nosso planejamento aos interesses desses órgãos para que, assim, possamos criar uma agenda de trabalho comum, focada na otimização de recursos e ampliação, em escala, dos resultados”, declarou o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello.

A necessidade de aplicar o conhecimento científico-tecnológico no aprimoramento de nossas cadeias produtivas foi apontada pelo titular da Sedap, Hildegardo Nunes, como sendo um fator de destaque presente no Plano da Sectet. “Tanto em termos de eixos, como de distribuição espacial, o Plano está bem alinhado com o que estamos defendendo. Acredito que podemos pensar ações conjuntas ligadas à pesquisa aplicada, no conhecimento e na articulação com as empresas para aumentarmos o potencial de alguns de nossos principais produtos, como açaí, cacau, pescado, mandioca e outros”, ressaltou o secretário.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Adnan Demachki, elogiou a iniciativa da Sectet em promover a integração entre os órgãos governamentais e assumiu o compromisso de contribuir para o aprimoramento do Plano. “Em relação à Sedeme, é possível observar que temos vários assuntos de interesse comum. Precisamos investir em educação profissional e inovação para verticalizar e modernizar nossas cadeias produtivas e, nessa perspectiva, a Sectet emerge como uma importante parceira. Nossa equipe vai avaliar os eixos e as linhas de ação e daremos um retorno pautado em nossas afinidades”.

No que diz respeito ao setor de Turismo, o secretário-adjunto da Setur, Joy Colares, destacou que a capacitação profissional e o incentivo ao empreendedorismo inovador são alguns dos eixos de ação da Secretaria, que vem atuando na qualificação técnica das pessoas envolvidas diretamente nos serviços ligados ao setor turístico. Por isso, o representante vislumbra possibilidades de parcerias com a Sectet. “O desenvolvimento do setor de Turismo demanda uma ação intersetorial. Não adianta, por exemplo, termos um hotel de alto nível em uma determinada localidade, se não tivermos negócios inovadores nas proximidades e gente qualificada no atendimento e fornecedores de produtos básicos para o bom funcionamento”, enfatizou o secretário-adjunto.  

Para o secretário Alex Fiúza de Mello, a reunião foi um passo importante para a consolidação do Plano, que busca conciliar as várias intenções de investimento em C&T e formação profissional dos órgãos governamentais com as políticas da Sectet.

Os dirigentes continuarão atuando no plano de trabalho da Sectet e, até o fim do mês, enviarão suas adequações às metas prioritárias e a melhor forma de executá-las de forma conjunta. Haverá, também, uma reunião específica entre técnicos da Sectet e da Sedap responsáveis pela coordenação de projetos para tratarem de ações que envolvam pesquisa aplicada. Até o final do mês de abril, a Sectet apresentará o Plano Diretor a outros potenciais parceiros. A expectativa é que o Plano seja lançado em meados de maio.

Além dos secretários, participaram da reunião o diretor de Educação Técnica e Tecnológica Luís Blasques, e o diretor de Ciência e Tecnologia, João Tavares Pinho, ambos da Sectet; a secretária-adjunta da Sedap, Eliana Zacca; a gerente de Qualificação Profissional, Flávia de Lima; a diretora de Políticas, Fátima Gonçalves, e o coordenador de Tecnologia e Informação, Rodrigo Moreira, da Setur.