Secretária de Administração abre Congresso Consad de Gestão Pública

26/05/2015 18h45

Ocorreu na tarde desta terça-feira (26) a abertura do VIII Congresso Consad de Gestão Pública, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. Promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad), o evento, considerado o maior do país e o quarto do mundo sobre a gestão pública, segue até quinta-feira (28). A cerimônia de abertura foi presidida pela secretária de Estado de Administração do Pará e presidente do Consad, Alice Viana.

"Em tempos de desaceleração da economia, quando a descrença nas instituições públicas domina os cidadãos brasileiros, o Congresso Consad mostra que a realidade é mais complexa do que se divulga. A conjuntura econômica difícil aumenta a nossa responsabilidade e o nosso compromisso com resultados. A população exige dos governos, nos diferentes níveis, uma resposta pronta para suas demandas em matéria de políticas públicas e de serviços", afirmou Alice Viana.

A secretária falou também sobre a importância do Consad e os 15 anos que serão completados em novembro. “Neste período, temos procurado cumprir, da melhor forma possível, a missão de fomentar padrões de gestão pública baseados na qualidade e na eficiência dos serviços, no mérito, na transparência e no compromisso com resultados. Temos sido também defensores intransigentes do equilíbrio federativo, do desenvolvimento e da democracia”, reiterou.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, falou sobre a importância do congresso. "É uma alegria receber um congresso como este em Brasília. É muito importante que nossos servidores públicos também oportunidade de participar, compartilhar e trocar experiências entre as unidades da federação. O momento é de crise econômica, política e ética, e isso tudo se reflete na administração pública. A gente sabe dos enormes desafios que os Estados e as prefeituras enfrentam para cumprir os preceitos da Lei de Responsabilidade Fiscal. É exatamente neste momento que precisamos de qualidade na gestão, principalmente no gasto público", asseverou.

Nos três dias de congresso, estarão reunidas mais de duas mil pessoas por dia, entre autoridades, políticos, gestores, estudantes e servidores públicos das esferas federal, estadual, municipal e distrital. Para a presidente do Consad, o congresso reúne as melhores práticas desenvolvidas nos dias de hoje em todos os cantos do país, o que “é de extrema importância diante da crise econômica que reflete diretamente nas administrações públicas. É preciso, mais do que nunca, praticar o princípio da eficiência”, disse.

Debates – A programação contemplará 57 painéis com apresentações de 165 cases de sucesso. Os temas tratam de orçamento, contabilidade, finanças, compras e patrimônio; gestão de pessoas na área pública; gestão por resultados, monitoramento e avaliação; novos formatos organizacionais; governança, participação e controle social; governo eletrônico e transparência.

Servidores do Governo do Pará apresentarão dez trabalhos científicos no total, cinco da Secretaria de Estado de Administração (Sead), dois da Fundação Centro de Hemoterapia do Pará (Hemopa), um da Secretaria de Planejamento (Seplan), um da Escola de Governança Pública (EGPA) e um do Banco do Estado do Pará (Banpará). Os projetos foram avaliados pelo Comitê Científico do Consad.

Durante a abertura foi lançado o selo comemorativo, em alusão aos 15 anos da entidade, celebrados este ano, uma parceria entre o Consad e os Correios. Os itens personalizados terão distribuição nacional e tiragem limitada para obliteração de correspondências da instituição.

Houve ainda a entrega da Medalha do Mérito Consad de Gestão Pública, uma honraria concedida como reconhecimento à atuação profissional, de gestão, de pesquisa ou política em defesa da gestão pública. A homenagem é outorgada anualmente a personalidades escolhidas pelo Conselho. Foram agraciados Celestino Roque Seco, Jeovalter, Paulo César Medeiros de Oliveira Junior, Sérgio Ruy Barbosa Guerra Martins e Eduardo Diogo, todos ex-presidentes do Consad, em homenagem à atuação à frente do conselho.

Exemplo – Logo após a abertura ocorreu a conferência magna com uma das maiores especialistas do mundo em soluções de melhoria de processos e serviços prestados ao cidadão, a canadense Maryantonett Flumian, que começou no serviço público em 1981 e, atualmente, é presidente do Instituto de Governança do Canadá.

Maryantonett Flumian apontou os “Caminhos para a melhoria da eficiência e da qualidade dos serviços públicos”, fazendo um comparativo entre o Brasil e o seu país. Segundo Flumian, “o Canadá se destaca por ser um dos países mais desenvolvidos do mundo e ter uma gestão eficiente e eficaz, totalmente centralizada no cidadão e tendo, como diferencial, o uso de avançadas tecnologias para modernizar os serviços e as formas de comunicar-se com a população”, explicou.

O congresso tem promoção do Consad e da Secretaria de Gestão Pública do Ministério do Planejamento, com apoio do Governo de Brasília e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os patrocinadores são o Sebrae, Bradesco, Instituto Publix, ProBid, Zetra, Pwc, Fundação Dom Cabral, Funcab, Caixa, Anesp, Banpará, BMG, Banco do Brasil e Correios.

Por Redação - Agência PA (SECOM)