Vendas no comércio varejista apresentam queda em 25 estados brasileiros no mês de maio

22/07/2015 11h41

O comércio varejista paraense apresentou queda de 3,8% em maio deste ano na comparação com o mesmo período de 2014. A análise feita pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas do Pará (Fapespa) está disponível no Informe Técnico do Comércio Varejista. O estudo aponta, ainda, que os resultados para o setor foram negativos para outros 24 estados brasileiros, dos 27 pesquisados, resultando em uma retração varejista nacional de 4,5%.

No Pará, a inflação medida pelo Índice de Preço ao Consumidor (IPC), calculado pela Fapespa, registrou variação de 0,90% em maio deste ano, o que influenciou na redução do consumo e no desaquecimento das vendas no segmento varejista. No entanto, o estudo revela que com relação ao Índice de Receita Nominal (IRN) houve variação positiva de 3,2% no período, ficando, porém abaixo dos índices alcançados em anos anteriores, como 2014, quando chegou a 8,1%, e 2010, quando fechou o mês com variação positiva de 20,7%.

O resultado pode ser avaliado, ainda, a partir da arrecadação do ICMS, que totalizou R$ 66.676 milhões em maio, montante inferior ao mesmo período de 2014, quando o estado arrecadou R$ 72.259 milhões, segundo o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Análise

O Índice de Volume de vendas (IVV) e o Índice de Receita Nominal (IRN) do comércio varejista são índices que se originam da receita das atividades no varejo, divulgadas para o Brasil nas 27 unidades da federação. No Pará, ambos os resultados são sintetizados pela Fapespa e relacionados com informações relativas ao emprego, à inflação e ao ICMS.

Acesse o Informe Técnico do Comércio Varejista aqui.

 

 

Por Redação - Agência PA (SECOM)