Equipe da Adepará percorre regionais para avaliar desempenho de servidores

Técnicos reforçaram que prazo para a atualização cadastral termina em 19 de junho deste ano

24/05/2022 13h57 - Atualizada em 24/05/2022 15h35

Uma equipe da Gerência de Recursos Humanos da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) realizou este mês a avaliação de desempenho e a atualização cadastral de servidores das Regionais da Agência localizadas nas cidades de Tucumã, Redenção e Xinguara.

Os técnicos ministraram palestras, compartilharam informações, deram orientações e entregaram cartilhas que tratam do desempenho funcional. Todo o trabalho contou com o apoio dos gerentes das regionais. 

De acordo com Maria José Silva, gestora do Processo Administrativo Eletrônico (PAE) e membro da Comissão de Avaliação de Desempenho e Atualização Cadastral, servidores efetivos, temporários e celetistas são obrigados a realizar a atualização dos dados.” Até o momento 40% dos servidores da Adepará realizaram a atualização cadastral, em que as informações são validadas pelo Recursos Humanos para serem inseridas no banco de dados da Adepará e da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad)”, informou a servidora. 

A medida visa à correção ou inclusão de informações pessoais dos trabalhadores que estejam defasadas ou incompletas, incluindo endereço, número para contato e documentos, como RG, título de eleitor e certidão de nascimento. O procedimento abrange também os dependentes que possuam informações obrigatórias pendentes, sendo necessário informar apenas os que já estiverem cadastrados no sistema de recursos humanos. O prazo para a atualização cadastral termina em 19 de junho. “Os servidores que não realizarem a atualização cadastral podem sofrer advertência e até mesmo suspensão das funções”, alerta a gestora do PAE.

As regionais visitadas também receberam os trabalhos da Comissão Permanente de Avaliação de Desempenho, que tem como missão verificar a progressão e a promoção dos servidores da Agência. Segundo a Gerência de Recursos Humanos, nessa etapa em que se encontra o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração será fundamental informar os critérios de avaliação e a pontuação para melhorar o desempenho como a titularidade, a produtividade, o trabalho em equipe, o comprometimento, a capacidade de iniciativa , entre outras.

Todos os servidores, a partir de 10 anos de serviço público do quadro efetivo da Agência, devem participar dessa avaliação de desempenho, que já está em fase de finalização dos processos.


PCCR na Adepará

O Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração foi regulamentado em novembro de 2021. O PCCR é um instrumento de gestão de pessoas para promover o desenvolvimento funcional e remuneratório, por meio de avaliação de desempenho e de capacitação profissional, vinculados aos objetivos institucionais da autarquia, com foco na eficiência dos serviços prestados. A implantação do Plano teve início em janeiro de 2022 com a formação da Comissão criada para orientar e conduzir a avaliação de desempenho dos servidores para o desenvolvimento da carreira.

Texto: Rosa Cardoso/Ascom Adepará

Por Manuela Viana (ADEPARÁ)