Museu de Arte Sacra inicia a exposição "ImagináriaMARIA"

A mostra integra o acervo permanente da Secretaria de Cultura e do Sistema Integrado de Museus e Memoriais, das 9h às 17h

17/05/2022 16h15 - Atualizada em 17/05/2022 16h39

Peça sacra da mostra 'ImaginaMARIA' aberta ao público na Galeria da Fidanza, das 9h às 17h, em BelémO Museu de Arte Sacra convida o público a conhecer a exposição "ImagináriaMARIA", que iniciou nesta terça-feira (17), na Galeria Fidanza, no prédio do MAS, na Praça da Sé. A exposição faz parte do acervo permanente da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e do Sistema Integrado de Museus e Memoriais (SIMM), e está aberta ao público, das 9h às 17h.

A exposição abriu na manhã de hoje e ficará à disposição até 19 de junho. Durante o período, o público poderá visitar o acervo e se admirar com as imagens de santas de diferentes épocas – desde o século XVII até a atualidade.

A exposição tem o intuito de impulsionar o conhecimento sobre o acervo e os diferentes períodos da história do patrimônio religioso do Pará. As obras expostas são de caráter particular, doadas por diferentes famílias para o acervo da Secult e do SIMM.Um total de 17 imagens integram a 'ImaginaMARIA'

Ao todo, são 17 imagens que participam da mostra, junto de três oratórios em madeira incluídos na exposição. 

Assim como a diferença de épocas, as técnicas que compõem as obras também são distintas, afirma o diretor do MAS, Emanuel Franco. "[São] técnicas variadas, que vão desde a modelagem em madeira até a confecção em argila e gesso", acrescenta.

Mesa redonda

Além da exposição, o Museu de Arte Sacra (MAS) promoverá nesta terça-feira (17), às 19h, uma mesa redonda com a temática: "Museus pra quê? Porquê? E pra quem?", que visa discutir a importância que os museus exercem como patrimônio sociocultural. A ação será mediada pelo diretor do MAS, Emanuel Franco, e contará com a participação de profissionais da área, que irão desenvolver uma análise reflexiva sobre o poder dos museus para os cidadãos paraenses. Participam a doutora Marisa Mokarzel, Tadeu Costa, Januário Guedes e Cássia Rosa. 

A mesa redonda faz parte da programação da 20ª Semana Nacional de Museus, realizada pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e do Sistema Integrado de Museus e Memoriais (SIMM).

*Texto por Quezia Dias (Ascom Secult)

Por Thaís Siqueira (SECULT)