Em Bragança, Governo do Estado certifica 80 alunos do programa "Qualifica Pará"

Iniciativa objetiva a inserção e reinserção no mundo do trabalho por meio de cursos de qualificação profissional

12/05/2022 15h20 - Atualizada em 12/05/2022 16h01

O Governo do Estado certificou nesta quinta-feira (12) mais 80 alunos do programa "Qualifica Pará", dessa vez em Bragança, na região do Caeté. O ato de certificação contemplou turmas de Mecânica de Motocicleta, Manutenção de Celular, Manipulação, Beneficiamento e Conservação do Pescado e Habilidade em Salão de Beleza.

O "Qualifica Pará" é um programa de qualificação profissional que incentiva a inserção e reinserção no mundo do trabalho, em especial à população paraense de baixa escolaridade ou situação de vulnerabilidade social. A iniciativa parte de um dos maiores investimentos em qualificação profissional já feitos pelo Estado. 

O governador Helder Barbalho participou da agenda e reforçou a alegria em participar das certificações. 

"O programa 'Qualifica Pará' é um programa muito ousado. Hoje estamos aqui em mais uma certificação dentro dos 30 mil qualificandos dessa primeira etapa. Ainda serão mais 25 mil pessoas certificadas. São 55mil pessoas que poderão escolher cursos de acordo com o seu talento e a partir desses cursos, qualificar para o mercado de trabalho e ter uma oportunidade de sustento para a sua família. Os programas de transferência de renda são fundamentais para dar apoio nesse momento difícil que o Brasil está vivendo, mas para além dos programas sociais é importante qualificar as pessoas para que elas possam, a partir do seu talento, seguir a sua vida, seus próprios passos e ter a condição de sustentar a sua família”, destacou. 

Expectativa

Diane Cristina e Aline Lima participaram da turma de Habilidade em Salão de Beleza. Elas contam que a partir do curso já iniciaram atendimentos em domicílio. 

"O curso veio como uma ótima oportunidade. Agora podemos colocar em prática tudo o que aprendemos, ser uma empreendedora de sucesso. Eu espero ser contemplado com o crédito pra abrir o meu salão e ser uma profissional conhecida aqui na cidade”, comentou uma das alunas. 

São aproximadamente 60 milhões para a execução da primeira etapa do programa, com 1.452 turmas, nos 144 municípios paraenses. A coordenação está sob a responsabilidade da Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster). Mais uma etapa do programa já foi aprovada, que contribuirá para a qualificação de 60 mil pessoas. 

“Nós desejamos que todos esses jovens, esses alunos sejam felizes com as escolhas que fizeram, com aquilo que aprenderam. Que eles consigam gerar renda através disso, tanto no mercado formal como também no empreendedorismo. Nós reforçamos também a disponibilização do crédito a esses alunos. Temos articulado com o Banpará e ao acessar o site da Seaster, todos os qualificandos podem realizar a solicitação e assim impulsionar ou abrir o próprio negócio”, reforçou o titular da Seaster, Inocêncio Gasparim. 

Ainda nesta quinta (12) ainda serão certificadas mais oito turmas na região, no município de Augusto Corrêa. 

Mais informações sobre o programa no site da Seaster www.seaster.pa.gov.br

Por Camila Santos (SEASTER)