Uepa abre inscrições para a 5ª Escola de Verão

Programação oferta 17 minicursos com temáticas diversas, abertos a qualquer pessoa interessada por temas ambientais, independente da área de formação

04/05/2022 11h22 - Atualizada em 04/05/2022 15h55

Depois de dois anos de edições on-line, a Escola de Verão está de volta em formato presencial. As inscrições podem ser feitas até o dia 25 de junho pela plataforma na qual os interessados podem acessar também a programação completa de 17 minicursos com temáticas diversas, abertos a qualquer pessoa interessada por temas ambientais, independente da área de formação ou do local onde estuda ou trabalha.

Além de realizar a 5ª edição da Escola de Verão, o Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PPGCA), realiza no mesmo período, de 4 a 8 de julho, a I Semana de Meio Ambiente, Sociedade, Tecnologia e Inovação, que também está com inscrições abertas pelo mesmo sistema virtual.

Uma das oficinas ofertadas nessa I Semana aborda o uso de argila como material para práticas pedagógicas, que tem como objetivo propor o desenvolvimento de materiais com a matéria-prima facilmente encontrada em lojas ou no meio ambiente. “Isso permite trabalhar com um material diferente do que estamos acostumados, que no caso é a massa de modelar, proporcionando assim a valoração da territorialidade e identidade do estado”, afirmam as responsáveis,  Maria de Nazaré Rosy e Thamara Souza. 

O coordenador do PPGCA, professor Altem Pontes, ressaltou que para ambos os eventos “são bem-vindos pesquisadores, professores de educação superior ou de educação básica, estudantes de pós-graduação, estudantes de graduação, estudantes de ensino médio ou fundamental e demais profissionais que atuam na área ambiental. Além disso, qualquer pessoa da comunidade que queira participar é também muito bem-vinda”. 

Para quem conheceu a Escola de Verão apenas no formato remoto, a expectativa pelo presencial é das melhores. Esse é o caso da mestranda do PPGCA, Ana Manoela Pinheiro, que ingressou em 2021. Ela participou da Escola de Verão em julho do ano passado, do X Simpósio, em dezembro, além da Escola de Inverno, que ocorreu em janeiro de 2022, todos na modalidade on-line. “Em todas as ocasiões, tive a satisfação de fazer parte das comissões de organização e amadurecer academicamente”, comentou. 

Ana Manoela também afirma que “com o retorno do formato presencial, com esse evento duplo certamente terá um quê mais proveitoso, primeiro em decorrência da diversidade na programação, o formato presencial possibilita que possamos ofertar oficinas, e não somente minicursos”.

Texto: Guaciara Freitas/Ascom Uepa

Por Marília Jardim (UEPA)