Terceira etapa do 'Renda Pará' chega ao fim de 2021 com mais de 98 mil famílias contempladas

O pagamento do benefício será retomado na próxima segunda-feira (3) aos beneficiários nascidos de 21 a 29 de fevereiro

30/12/2021 12h53 - Atualizada em 03/01/2022 16h26

Esta quinta-feira (30) marcou o último dia de pagamentos da terceira etapa do programa estadual "Renda Pará" em 2021, que contemplou beneficiários nascidos no período de 11 a 20 de fevereiro. Ao todo, nesta edição, mais de 104.266 mil famílias já sacaram a primeira parcela de R$ 100 disponibilizada pelo programa, o que representa o investimento de mais de R$ 10.426.600,00

A diarista Jéssica Monteiro, 30 anos, recebeu o auxílio na manhã desta quinta-feira (30), na agência do Banco do Estado do Pará (Banpará) de São Brás, em Belém, e afirmou representar uma renovação das esperanças para o próximo ano. “Eu sou mãe solteira e tudo ficou muito mais difícil e mais caro com a pandemia. Esse auxílio veio para ajudar muito, seja pra comprar um gás, comprar um alimento para passar o final do ano. Muita gente acha que é pouco, mas pra mim é muito, uma excelente ajuda. Renova as forças e deixa o coração mais feliz”, assegura. 

O titular da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), Inocêncio Gasparim, ressalta que com o "Renda Pará", o Estado se colocou como o segundo do país a realizar mais distribuições de recursos a população em situação de vulnerabilidade desde o começo da pandemia. 

“Isso é a marca de uma das economias mais importantes do país na atualidade. Marca de um governo que está alinhado com as necessidades de seu povo, que não solta as mãos daqueles que mais necessitam. As famílias beneficiárias do 'Renda Pará' neste final de ano, saberão muito bem como utilizar o benefício”, diz o secretário da Seaster. 

Nessa nova etapa, uma das exigências para o saque do benefício é a comprovação da imunização contra a Covid-19. O marceneiro Adilson Sarmento, 37 anos, considera muito importante a iniciativa como incentivo à vacinação. 

Jéssica Monteiro foi uma das contempladas nessa etapa do programa“Precisamos nos proteger e também as outras pessoas, por isso é muito positiva essa iniciativa. É a primeira vez que recebo um benefício do Governo e chegou em boa hora. Na segunda onda da pandemia, fiquei desempregado e precisei trabalhar como autônomo, o que interferiu na minha renda e esse auxílio vem pra somar, dar um gás a mais nesse período de final de ano”, conta o beneficiário, que sacou a primeira parcela do Renda Pará nesta quinta-feira (30). Destinado aos beneficiários do “Auxílio Brasil” (novo nome do Bolsa Família), nesta terceira edição do "Renda Pará" são disponibilizados R$ 200 (pagos em duas parcelas).

A dona de casa Álvara Paulo, 49 anos, relembrou as dificuldades financeiras que vive desde o início da pandemia, quando contraiu a doença e ficou limitada em trabalhar. “Recebi o Renda Pará e o Vale Gás. São benefícios que o Governo oferece que ajudam muito. Esse auxílio vem para somar, tanto na minha quanto em outras famílias que passam necessidades”, pontua. 

Adilson Sarmento comemora recebimento do benefício

Consulta

É necessário consultar o link disponível no site antes da ida às agências do Banpará, para verificar se o nome consta na lista de beneficiários e o dia previsto para pagamento. 

Programa Renda Pará

O programa teve início em outubro de 2020, quando 720 mil pessoas foram beneficiadas, representando um investimento de R$ 72 milhões. Na segunda rodada, iniciada em março de 2021, 664.162 pessoas foram beneficiadas, representando um investimento de R$ 66.416.200. A ação garantiu um reforço financeiro de R$ 100, pago em cota única, aos paraenses cadastrados no Bolsa Família atingidos social e economicamente pela crise da pandemia. 

Calendário 2022 

O pagamento do benefício, que é feito pelo Banco do Estado do Pará (Banpará), será retomado em 2022 já na próxima segunda-feira (3), aos beneficiários que fazem aniversário de 21 a 29 de fevereiro. Confira o calendário de pagamento:

Data do recebimento – Data do aniversário

04 de janeiro – 01 a 10 de março

05 de janeiro – 11 a 20 de março

06 de janeiro – 21 a 31 de março

07 de janeiro – 01 a 10 de abril

08 de janeiro – 11 a 30 de abril / 01 a 10 de maio

10 de janeiro – 11 a 20 de maio

11 de janeiro – 21 a 31 de maio

12 de janeiro – 01 a 10 de junho

13 de janeiro – 11 a 20 de junho

14 de janeiro – 21 a 30 de junho

15 de janeiro – 01 a 31 de julho

17 de janeiro – 01 a 10 de agosto

18 de janeiro – 11 a 20 de agosto

19 de janeiro – 21 a 31 de agosto

20 de janeiro – 01 a 10 de setembro

21 de janeiro – 11 a 20 de setembro

22 de janeiro – 21 a 30 de setembro / 01 a 20 de outubro

24 de janeiro – 21 a 31 de outubro

25 de janeiro – 01 a 10 de novembro

29 de janeiro – 11 a 30 de novembro / 01 a 10 de dezembro

31 de janeiro – 11 a 20 de dezembro

01 de fevereiro – 21 a 31 de dezembro.

Por Giovanna Abreu (SECOM)