Governo do Pará entrega veículos para o fortalecimento de atividades de Centrais da Agricultura Familiar

14/12/2021 17h09 - Atualizada em 14/12/2021 18h44

Com o objetivo de proporcionar o escoamento seguro e de qualidade aos produtos advindos da agricultura familiar, o Governo do Estado entregou, na manhã desta terça-feira (14), 42 caminhões para o Programa de Fortalecimento das Centrais de Abastecimento da Agricultura Familiar. Os equipamentos deverão trazer melhorias na distribuição e transporte de insumos destinados aos equipamentos socioassistenciais dos municípios. O ato ocorreu na sede do Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp) e contou com a presença do governador Helder Barbalho. 

"Hoje é mais um dia em que reafirmamos o nosso compromisso com os trabalhadores do campo, com a produção e consumo da nossa gente. A agricultura familiar assegura o alimento na mesa de quem produz e abastece cada distrito, cada comunidade. Parabenizo os municípios pelo envolvimento, pela inscrição, pela habilitação ao credenciamento, fazendo com que hoje pudéssemos contemplar essas cidades", disse o governador durante a entrega.

O governador Helder BarbalhoO chefe do executivo ainda comentou sobre a importância da produção rural e seu protagonismo estratégico para a economia paraense. "Essa atividade gera emprego e renda, por isso, quando nós fortalecemos este programa de aquisição de alimentos, nós também estamos estimulando uma rede de produção rural e estruturando as cidades. Aqui nós também demonstramos que a integração do governo municipal, governo estadual e o governo federal é um caminho que fortalece a todos, para que as políticas públicas possam ser inclusivas, e alcancem o seu objetivo que é o desenvolvimento e o cuidar das pessoas", reforçou Helder Barbalho. 

Por meio da Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), o governo do Estado atua junto aos municípios paraenses no fortalecimento da produção advinda da agricultura familiar e incentiva ações de combate à insegurança alimentar e nutricional, através do Programa Alimenta Brasil (PAB).

O titular da Seaster, Inocencio Gasparim, explica que o programa compra alimentos produzidos pelos agricultores e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional atendidas pela rede socioassistencial, seja por equipamentos públicos ou pela rede pública e filantrópica de ensino.

"A secretaria de assistência é quem acompanha, monitora e fiscaliza a execução do programa junto aos municípios. Ao longo dos últimos três anos foram mais de 10 mil toneladas adquiridos diretamente da produção familiar, distribuído pelas prefeituras com estrutura, cuidado, até chegar ao público atendido pelos mais diversos equipamentos da assistência social. Parabenizamos o envolvimento dos prefeitos e às nossas equipes pelo trabalho desenvolvido", enfatizou o secretário.

Os veículos entregues são frutos de um convênio com o Governo Federal, através do Ministério da Cidadania. Os investimentos somas mais de R$ 8 milhões. "Essas parcerias são muito importantes, em especial pra comunidade que está na ponta, os mais vulneráveis de nossa sociedade. E é por isso que quando mais unidos somos, mais vamos conseguir fazer e construir pra essas famílias. No Brasil é produzido 20% da alimentação do mundo, cerca de um bilhão de pessoas são alimentadas com produtos plantados e produzidos aqui. Hoje, estamos fazendo com esses caminhões nos ajudem nesse processo. Levando alimento, abastecendo a quem mais precisa", disse o Secretário Especial de Desenviolamento Social, Robson Tuma.

Ao todo serão beneficiadas 40 mil famílias da agricultura familiar e 42 municípios com adesão ao programa. São eles: Abaetetuba, Acará, Augusto Correa, Aurora do Pará, Barcarena, Belém, Breu branco, Benevides, Breves, Cachoeira do Ararí, Cametá, Capitão Poço, castanhal, Chaves, Curuçá, Dom Eliseu, Eldorado dos Carajás, Garrafão do Norte, Igarapé-Miri, Irituia, Maracanã, Ourém, Portel, Muaná, Nova Ipixuna, Nova Timboteua, São Sebastião da  Boa Vista, Rondon do Pará, Quatipuru, Santa Luzia do Pará, Santa Maria do Pará, Santarém Novo, São Caetano de Olivelas, São Domingos do Araguaia, São Geraldo do Araguaia, São Miguel do Guamá, Terra Alta, Trairão, Tracuateua, Vigia, Viseu e Xinguara.  

"É um momento muito especial a todas as prefeituras contempladas. Nós agradecemos ao governo do Estado por todo o trabalho realizado, e por hoje poder estar em agendas de entregas diárias, ver que toda semana os municípios do estado do Pará são beneficiados com obras, benefícios e serviços. Aqui, apesar das dificuldades em meio à pandemia, os investimentos não pararam", concluiu o prefeito de Barcarena, Renato Ogawa. 

Por Camila Santos (SEASTER)