Procuradoria-Geral do Estado, em Marabá, recebe novas instalações

20/12/2018 00h00
Por Redação - Agência PA (SECOM)

A sede da 3a Regional de Marabá agora funciona em um novo local: o Centro Regional de Governo do Estado do Pará, localizado no Centro de Convenções Carajás. A mudança de endereço foi necessária para a melhor acomodação da equipe de trabalho e, consequentemente, maior eficiência na defesa das causas do Estado. Antes, os procuradores, servidores e estagiários da instituição atuavam no espaço cedido na Estação Cidadania, mas desde o início de dezembro passaram a ocupar duas salas no Centro Regional.

O pedido por um espaço maior foi formalizado pelo Procurador-Geral do Estado, Ophir Cavalcante Júnior, tendo em vista as novas necessidades da setorial e do crescimento da sua atuação na defesa do Estado. A obtenção da nova sede foi resultado de uma cessão entre os órgãos do Executivo, sem custos para a PGE/PA.

Segundo o Procurador do Estado, Arthur Gomes, a ampliação das instalações físicas foi necessária para melhorar o fluxo interno de pessoas e melhorar a acomodação de processos e material. O espaço atual permite a otimização da divisão de tarefas, pois acomoda a secretaria em um espaço distinto dos procuradores e estagiários, e conta com uma copa para maior comodidade da equipe.

A mudança começou no início de novembro deste ano, quando o coordenador de Patrimônio e Material da PGE, Fernando Souza, e a equipe de informática, realizaram uma visita objetivando preparar o novo espaço para receber a equipe e organizar a mudança de fato. “Verificamos quais eram as necessidades da equipe, como o número de tomadas, mobiliário adequado e a transferência da rede de internet para o novo local e depois estudamos como isso poderia ser viabilizado”, explicou Fernando.

De acordo com o procurador Arthur, o principal desafio durante este processo foi não interromper as atividades diárias da Procuradoria, “o principal desafio foi não deixar de cumprir com os prazos judiciais e evitar o mínimo de tempo sem a execução dos trabalhos, podendo-se dizer que foi obtido com sucesso, tendo em vista que a secretaria só parou um dia”.

Para o procurador, não só a motivação da equipe melhorou, mas as expectativas para o futuro são promissoras, “acredito que a tendência é de um aumento na eficiência, já que agora as atividades administrativas são executadas em outro espaço diverso das jurídicas”.