Secretaria de Educação do Estado promove ação de leitura em escola de Icoaraci

Secretaria defende a escola como um lugar de incentivo à leitura e à criticidade em atividades formais ou mais livres dentro e fora das salas de aulas

27/10/2021 13h21 - Atualizada em 27/10/2021 14h03

Em Icoaraci, alunos da Escola Jorge Lopes Raposo em leitura coletiva do Clube da Leitura idealizado pela professora Helioneth LisboaA ação de leitura aconteceu na escola estadual Jorge Lopes Raposo, e contou com a participação de estudantes, através do projeto chamado “clube da leitura”, idealizado pela  professora Helioneth Lisboa.  A iniciativa faz parte do projeto coordenado pelo Sistema Estadual de Biblioteca Escolar (Siebe), "Tertúlias Dialógicas e Literárias". Além de incentivar a prática da leitura, a iniciativa objetiva reforçar a oralidade e desenvolver a intelectualidade dos alunos.

“O projeto ajuda o aluno a evoluir intelectualmente. Participo do projeto desde 2019, e desde então, meu desenvolvimento com a leitura evoluiu cada vez mais, pois eu não tinha o hábito de ler. Isso é bom pois traz boas consequências para a vida estudantil e pessoal do aluno", destacou a aluna do 9° ano, Nielly Waleska. 

Estudantes têm participado das atividades de leitura entre as aulas formais das demais disciplinas A formadora do Centro de Formação de Profissionais da Educação Básica do Estado do Pará (Cefor) da área de Linguagem, Salie Castro, ressalta que a SEDUC está com projetos de estímulo à prática da leitura nas escolas da rede estadual: “A escola é o lugar onde a leitura deve ser estimulada e projetos como esse e também a Feira do Livro, realizada pelo Governo do Pará, e essas atividades proposta pelo sistema de biblioteca são atividades que propõem a prática da leitura e que vai na contramão da diminuição de leitores e aos poucos vamos ganhando novos leitores e fomentando a leitura nesses espaços e a escola é o lugar onde isso tem que acontecer”, ressaltou Salie.

“Atualmente por conta da tecnologia, do uso de celulares, jogos eletrônicos etc. A leitura acaba sendo deixada em 2° plano, desenvolver a leitura em alunos do ensino fundamental é de extrema importância para que eles, no futuro, possam participar de concursos de redação e, também, já começar a preparação para a prova do Enem. Nosso intuito de desenvolver projetos de leitura é criar esse hábito de leitura e proporcionar que os alunos entrem no mundo literário e desenvolvam a sua parte intelectual e crítica, além de ajudar o aluno a ter um bom desempenho nas disciplinas”, afirmou a professora de língua portuguesa e mediadora de leitura na escola Prof° Jorge Lopes Raposo, Helioneth Lisboa.

Mais leitura - O projeto de incentivo à leitura na escola Jorge Lopes Raposo surgiu em 2019 quando a biblioteca da escola recebeu vários livros e com intuito de trazer os alunos para o universo literário a professora criou o projeto.

O Sistema Estadual de Biblioteca Escolares, promove diversas iniciativas que visam incentivar o hábito pela leitura entre os estudantes e que fazem parte da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O Siebe conta com 15 bibliotecárias que atuam de forma itinerante nas Uses (Unidade Seduc na Escola) e Ures (Unidades Regionais de Educação). O Sistema realiza também capacitação de professores de Língua Portuguesa para atuarem nas bibliotecas.

*Texto de Marx Vasconcelos / Evaldo Júnior (Ascom Seduc)

Por Evaldo Júnior (SEDUC)