Feira da Agricultura Familiar em Marituba abre espaço para produtores atendidos pela Emater

Eles tiveram a oportunidade de comercializar sua produção diretamente com os consumidores. Destaque foi para o projeto Empório Sustentável.

08/10/2021 14h11 - Atualizada em 08/10/2021 15h35

Eliane e Sebastião Sena são atendidos há dois anos pela Emater e comercializaram salgados, doces regionais e sucos de frutasO município de Marituba, na Região Metropolitana de Belém, promoveu nesta sexta-feira (08) a VII Feira da Agricultura Familiar, uma oportunidade de valorizar o produtor da região, que comercializa diretamente com o consumidor e, assim, consegue incrementar o orçamento doméstico. O evento foi realizado na Praça Matriz, promovido pela Prefeitura Municipal de Marituba, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento da Agricultura, Aquicultura, Abastecimento e Pesca (Sedap), com a parceria da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), que mobilizou 12 expositores atendidos pelo projeto Empório Sustentável.

O casal Eliane Lima e Sebastião Sena, moradores do bairro Centro, de Marituba, atendidos há dois anos pela Emater, levou para a Feira um mix de produtos gastronômicos que incluiu salgados diversos, doces regionais e sucos de frutas. “Nossa estimativa aqui é fazer uma renda de R$ 300 com a venda de pão recheado, empadão de bacalhau, bolo de macaxeira, e outras comidas”, disse Eliane Lima.

Várias plantas ornamentais também foram comercializados pelos agricultores atendidos pela Emater no projeto Empório SustentávelEntre os itens comercializados: plantas ornamentais, hortaliças, tucupi, biojóias, peças de artesanato, além de licores e doces e salgados. As feiras são uma fonte importante de renda, e ainda uma manifestação dos produtores familiares enquanto representação social, de suas peculiaridades como protagonistas fundamentais no processo da produção agro e da segurança alimentar.

“Esses eventos são um grande momento no qual se vê a importância da parceria entre Estado e Município, válido enquanto espaço de visibilidade do trabalho conduzido pela Emater e pela Prefeitura Municipal, e quem mais se beneficia é o produtor familiar que pode vender sua produção de forma direta ao público”, afirmou Lana Roberta Reis, presidente da Emater.

A Feira deste ano teve como tema “Fé na produção maritubense”. Como atrações do evento, a Sedap/Marituba ofertou o Espaço Kids, o Showroom de Sustentabilidade, entre outras atividades.  “A emater tem se mostrado uma grande parceira e com isso, vamos cada vez mais seguir trabalhando pelo fortalecimento da agricultura familiar”, pontuou Yuri Bastos, titular da Sedap.

O Empório Sustentável - do qual os 12 expositores fazem parte - é um projeto realizado pelo Escritório Regional das Ilhas da Emater, propondo uma alternativa viável à comercialização direta de produtos e à melhoria na renda das famílias, com sustentabilidade ambiental, multiplicando técnicas artesanais e empreendedoras. Atualmente, estão cadastrados 120 produtores familiares no projeto.

“A próxima edição do Empório Sustentável está prevista para os dias 4 e 5 de novembro, no Escritório Central da Emater, em Marituba, com a participação de 40 produtores da Região Metropolitana e de municípios da Ilha do Marajó”, enfatizou a técnica Luciana Moreira, responsável pelo Projeto.

 *Texto de Paula Portilho (Emater)

Por Governo do Pará (SECOM)