Judocas recebem apoio da Seel para competição em Portugal

17/09/2021 15h03 - Atualizada em 17/09/2021 16h15

O judô paraense será representado por cinco atletas na disputa da Taça Internacional Kiyoshi Kobayashi, no dia 25 de setembro, em Coimbra, Portugal. Os faixas preta, Rafael Ribeiro, Luana Gouveia, Davi Afonso, Paulo Vitor e Geraldo Costa, irão para a competição com apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel).

O judoca Rafael é um dos mais experientes da equipe. Na competição, ele participou em 2016, também com o apoio da Seel, sendo campeão. Recentemente, esteve na Colômbia, onde participou do AJP Tour Colômbia, na modalidade de jiu-jitsu, na qual conquistou o primeiro lugar no Adulto/120kg/GI. Já em Portugal, irá competir na categoria Sênior (-100 kg).

LuanaA única mulher do quinteto é Luana, de 21 anos, começou na modalidade aos 3 anos e já coleciona vitórias, entre elas foi campeã da Seletiva do Campeonato Brasileiro Regional, na categoria sub-21 e Sênior. Nesta será a vez que a judoca irá disputar uma competição internacional pela categoria Sênior (- 63 kg).

“Devido a pandemia que tivemos, as competições estavam paradas e estão retornando agora. Estou muito feliz com essa primeira experiência em campeonato internacional, onde também vai estar validando o período de treinamento que será primordial para a minha preparação para os próximos campeonatos nacionais também, como Brasileiros, Universitários em Brasília e Brasileiro Sênior.

Rafael, Luana e Geraldo também são atletas beneficiados pelo programa Bolsa Talento da Seel, que é uma forma de estimular o desenvolvimento físico, social e psicológico de atletas contemplados.

“É importante o Bolsa apoiar nessas carreiras esportivas e no aprimoramento do atleta. Isso mostra que a política pública está sendo executada e voltada para o desenvolvimento da carreira internacional dos atletas”, disse Nizomar Carneiro, coordenador do Bolsa.

Também estão indo pela primeira vez, Davi, Geraldo e Paulo, que irão disputar pela categoria Sênior, nos pesos - 100 kg, - 100 kg e + 100 kg, respectivamente.

INTERCÂMBIO

Antes da competição, os judocas receberam uma carta convite para passarem 10 dias no local do evento em fase de preparação e intercâmbio.

“Estamos indo pela intercâmbio, experiência e pela bagagem que o treinamento de uma competição internacional pode oferecer e serve também como preparação para outros eventos esportivos”, conta.

Texto: Bianca Rodrigues (Ascom/Seel)

Por Governo do Pará (SECOM)