PM realiza VII Curso de Tropa Montada e comemora aquisição de 70 equinos

A iniciativa quer especializar policiais militares do Regimento de Polícia Montada (RPMont), também conhecido como 'Cavalaria', entre outros objetivos

14/09/2021 14h34 - Atualizada em 14/09/2021 15h41

PMs no evento de abertura do VII Curso de Tropa Montada, para cabos e soldados, presidida pelo comandante-geral, Cel. Dilson JúniorA Polícia Militar, por meio do Departamento Geral de Educação e Cultura (Degec) e Comando de Missões Especiais (CME), deu início ao VII Curso de Tropa Montada, voltado a cabos e soldados. A cerimônia de abertura ocorreu, na tarde desta segunda-feira (13), no auditório do Quartel do Comando Geral (QCG), em Belém, presidida pelo comandante-geral, coronel Dilson Júnior.

O curso tem como finalidade especializar policiais militares do efetivo do Regimento de Polícia Montada (RPMont), também conhecido como 'Cavalaria', e demais unidades da Corporação na área do policiamento montado, bem como de recrutar, de forma qualificada, novas praças que pretendam atuar na unidade, vinculada ao Comando de Missões Especiais.

Vinte e um policiais militares, sendo 17 homens e quatro mulheres, foram selecionados para participarem da capacitação deste ano, que vai ser realizada num período de 60 dias e contará com uma carga horária total de 550 horas/aula.

Mais de 20 disciplinas serão intensamente trabalhadas pelos alunos ao longo do curso. Dentre as quais: Direitos Humanos, Polícia Comunitária, Treinamento Físico Militar, Equitação Policial Militar, Policiamento Montado, Noções de Choque Montado, Tiro Montado, entre outras.

Uma das quatro alunas femininas, a cabo Andréia Oliveira, falou sobre as expectativas em participar de um curso tão exigente. "Eu me sinto super motivada, com a expectativa de aprimorar meu trabalho, ampliar minhas habilidades no policiamento montado e melhorar o trato com o animal", falou a militar que atua há 12 anos na Corporação e está há pouco mais de um ano na unidade.

"A tropa do RPMont é uma das mais versáteis da Polícia Militar. Além de realizarmos desfiles de representatividade e operações de choque montado, atuamos em praças desportivas, escolta de presos, revistas de casas penais, escolta de autoridades. Dessa forma, nós estamos dispostos a oferecer aos vinte militares paraenses e à policial do estado do Amazonas, um curso cavalariano de excelência", frisou o comandante do RPMont, tenente-coronel Rodrigo Tanner.

"O Comando da PM sempre busca incentivar a qualificação dos seus agentes, pois o conhecimento é algo que não pode ficar restrito a um pequeno grupo, apenas. Os alunos desta edição vão compartilhar informações e levar conhecimento para as próximas turmas e assim por diante", ressaltou o Coronel Dilson Júnior.

Marcha administrativa

Ainda na noite desta segunda-feira, os alunos participaram da Marcha Administrativa com cavalos. O treinamento consiste em simular ocorrências em que o cavaleiro precisa ter o domínio do animal e deve ter a habilidade de conduzi-lo, a mão, por longos percursos. 

Os participantes saíram do Parque Estadual do Utinga (PEUT) e tiveram que caminhar por cerca de 16 quilômetros, até chegarem à sede do RPMont, no bairro do Mangueirão.

Aquisição de 70 equinos

O oficial ainda comemorou a aquisição de 70 equinos para reforçar as ações ostensivas na Região Metropolitana de Belém e interior do Estado, com ênfase nos municípios de Castanhal, Marabá e Santarém, onde estão situadas as demais sedes do RPMont.

"Depois de nove anos de espera, a PMPA comemora a aquisição de 70 equinos, a última compra foi em 2012. E essa conquista foi graças à boa vontade do nosso governador Hélder Barbalho, que sempre é muito solícito com as demandas da nossa corporação", concluiu.

Ainda neste ano, o Departamento de Apoio Logístico da PM (DAL) deverá apresentar um projeto para a construção da nova sede administrativa do RPMont, localizada no bairro do Mangueirão.

*Texto do CBPM Josuelton Chagas.

Por Governo do Pará (SECOM)