Jovens da Cabanagem recebem aula inaugural do projeto de formação e liderança do TerPaz

A iniciativa fortalece a cidadania e a formação profissional, contribuindo para os laços comunitários e o protagonismo das novas gerações

14/09/2021 14h04 - Atualizada em 14/09/2021 15h07

A estudante Yasmin Barbosa, de 17 anos, tem interesse em orientação profissional e na emissão de documentos pessoaisCerca de 40 jovens moradores do bairro da Cabanagem, em Belém, participaram na manhã desta terça-feira (14), na Escola Cristo Redentor, da aula inaugural do projeto “Escola de Formação e Liderança para a Juventude” realizado pela Fundação ParáPaz, dentro dos bairros atendidos pelo programa Territórios Pela Paz (TerPaz), do Governo do Estado.

O objetivo é promover formação de liderança para jovens, entre 14 a 29 anos, oferecendo ações direcionadas na construção da cidadania e a formação profissional, contribuindo para o fortalecimento comunitário e o protagonismo desses jovens. As aulas serão realizadas nas terças e quintas e seguem até dezembro deste ano.

“Esse projeto é voltado, além da capacitação para o mercado de trabalho, a todos os direitos que envolvem a juventude, como assistência social, o direito de ir e vir, direito da voz e serem protagonistas da sua própria história. Nós estamos formando todos esses jovens para serem líderes dos seus próprios territórios, os direitos que eles possuem e provocar as esferas estaduais, municipais e as lideranças para poderem usufruir dos direitos que lhes são favoráveis”, informou a assistente Social, Isabela Maia, coordenadora substituta do polo ParáPaz na Cabanagem.

Marcos Wilson, de 17 anos, estava contente pelo projeto e contou que por causa do isolamento social, ele não pôde realizar cursosO estudante Marcos Wilson, de 17 anos, agradeceu a oportunidade de participar do projeto. “Eu estava um tempo sem fazer nada, veio a pandemia e não pude fazer mais nenhum curso, que bom que apareceu esse projeto, estou gostando, sempre é bom ter novos conhecimentos”, disse o jovem.

Durante a aula inaugural, os jovens puderam conhecer também alguns serviços da Fundação ParáPaz, como o projeto “Espaços Abertos”, que são diversas atividades de interação social voltadas ao entretenimento e lazer, como tênis de mesa, jogos de tabuleiros e xadrez. Além dos serviços do “Balcão da juventude”, que permite que esses jovens tenham acesso a serviços básicos, como elaboração de currículo, teste vocacional, emissão da carteira do ID Jovem, emissão do Número de Identificação Social (NIS), da carteira de trabalho, impressão de cartão do SUS (Sistema Único de Saúde) e de CPF, além de orientação e cadastro no e-Título.

Adolescentes e jovens recebem orientação profissional e têm a oportunidade da emissão de documentosA Yasmim Barbosa, de 17 anos, estava precisando de um direcionamento profissional e tirar alguns documentos. “Quero ter uma experiência e uma orientação profissional, eu tenho um sonho de fazer medicina ou direito, também gosto da área da administração, então vejo que esse projeto vai me ajudar muito, além disso, eu vou aproveitar para tirar minha carteira de trabalho e o ID Jovem”, contou.

Fortalecimento comunitário

De acordo com a gestora do TerPaz na Cabanagem, Ivanilda Vieira, ações como essa vão fortalecer as lideranças comunitárias e despertar a consciência coletiva dos jovens. “Esse projeto tem uma importância muito grande porque aqui na Cabanagem não temos uma liderança consolidada, não sabem seus direitos, então o objetivo é justamente esse formar grupos, serem cidadãos conscientes dos seus direitos e deveres e onde eles podem buscar essa orientação para serem realmente lideranças que possam contribuir não olhando apenas para si, mas para o coletivo, para o bairro”, disse Ivanilda Vieira.

As inscrições para o “Escola de Formação e Liderança para a Juventude” na Cabanagem já encerraram, porém, o projeto também vai abrir turma no TerPaz Guamá, na Escola Barão de Igarapé-Miri (Passagem Barão de Mamoré, 767). E, em breve, outros territórios também serão beneficiados.

Por Paulo Garcia (SEAC)