Estado e Prefeitura de Belém discutem projetos para a agricultura familiar

Emater e Secon querem fortalecer a produção de hortaliças, a criação de animais e a pesca artesanal

20/08/2021 21h57 - Atualizada em 21/08/2021 13h27

As primeiras negociações para a efetivação de um Termo de Cooperação Técnica entre a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) e a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Economia (Secon), ocorreram nesta sexta-feira (20), na sede da Emater, em Marituba (Região Metropolitana de Belém). O principal objetivo foi definir como a prefeitura pode colaborar para a execução das atividades da Emater em Belém, visando à ampliação do atendimento aos agricultores familiares do município.Governo do Estado e Prefeitura de Belém discutem as ações de nova parceria

De acordo com a engenheira ambiental Camila Salim, chefe do escritório local da Emater em Belém, “atualmente, por meio do escritório local, prevemos o atendimento anual de mais 400 famílias, de 15 comunidades, distribuídas por Icoaraci, Outeiro, Mosqueiro e Região das Ilhas. Por meio da parceria, que inclui apoio logístico e de pessoal, será possível aumentar e qualificar ainda mais esse atendimento”.

Entre os serviços prestados ao público em Belém estão ações para o fortalecimento da agricultura familiar, com o cultivo de hortaliças, fruteiras regionais etc., para o manejo de açaizais nativos; da criação de pequenos animais (avicultura e suinocultura); da pesca artesanal e da gestão ambiental de unidades de produção familiar, além de realizar a emissão do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

A reunião contou com as presenças da presidente da Emater, Lana Reis; do secretário municipal de Economia de Belém, Apolônio Brasileiro, e de assessores e diretores de órgãos dos governos estadual e municipal.

Texto: Etiene Andrade - Ascom/Emater

Por Governo do Pará (SECOM)