Campanhas de final de semana reforçam estoques com mais de 870 bolsas de sangue

Hemopa afirma que doações irão beneficiar cerca de 3.500 pacientes internados na rede hospitalar paraense

16/08/2021 11h11 - Atualizada em 16/08/2021 12h18

Equipes do Hemopa fazem cadastro de doadores em BarcarenaA Fundação Hemopa inicia a semana com 873 bolsas de sangue coletadas durante campanhas realizadas em Belém, Paragominas, Barcarena e Marabá, que vão beneficiar cerca de 3.500 pacientes internados na rede hospitalar. Foi registrado ainda o comparecimento de 1.124 voluntários nessas unidades.

Já fazia tempo que Maria Iolandina queria se tornar uma doadora de sangue, mas como mora e trabalha em Barcarena, na região do Baixo Tocantins, não tinha como se deslocar para Belém para ir até o Hemopa.

"Sou professora e é difícil ter uma folga em dia útil para fazer essa viagem até Belém. Então, quando soube que o Hemopa viria para cá, eu disse que a hora seria agora", contou Maria, que concretizou o desejo de doar sangue aos 48 anos de idade.

Dalila Martins revela gratidão ao fazer doação em ParagominasA Fundação Hemopa realizou dois dias de campanha de coleta de sangue no município de Barcarena, na última sexta-feira (13) e sábado (14). O resultado da mobilização foi positivo com o comparecimento de 670 voluntários, e desses, 473 estavam aptos e puderam doar bolsas de sangue para o estoque. As parcerias com a Prefeitura Municipal de Barcarena e entidades locais foram essenciais para o sucesso da campanha.

Eugênia Teles, secretária de Saúde de Barcarena,  destacou a importância dessa parceria. "A gente sabe que o Hemopa nunca falhou com a gente no abastecimento de sangue para nossos pacientes, na UPA, nos hospitais daqui, então, nós temos essa necessidade de ajudar o Hemopa a manter o estoque de sangue para que a gente continue, juntos, salvando vidas", disse a secretária que aproveitou também para fazer a primeira doação de sangue.

Em Paragominas, também foram dois dias de coleta de sangue realizada no Hospital Municipal, dias 14 e 15, em parceria com a Prefeitura Municipal, Hospital Regional Público do Leste (HRPL) e Hospital de Ipixuna do Pará (HGI), além de outras parcerias locais.

A coordenadora de atendimento do Hospital Regional, Dalila Martins Pereira, 30 anos, efetivou sua primeira doação de sangue. “É uma sensação maravilhosa, incrível e de muita gratidão em saber que estou salvando vidas com esse gesto simples, mas de muito amor”, destacou, ao informar que ela já havia feito duas tentativas para doar sangue, em Belém, mas não passou na triagem por estar gripada. “Quando eu soube que o Hemopa vinha para cidade, não pensei suas vezes em doar sangue. E agora eu consegui, graças a Deus”.

A parceria com o HRPL contou com a disponibilidade de uma equipe com encaminhamento de voluntários e a disposição de uma equipe com 12 profissionais que não verificou os sinais vitais dos voluntários, aferição de glicemia e avaliação dos voluntários com perfil para a coleta de sangue, além de apoio na divulgação nas redes sociais. Já o HGI encaminhou voluntários e divulgou a campanha internamento junto aos colaboradores e acompanhantes de pacientes.

Maria Iolanda mostra volume de sangue doado em Barcarena"Os voluntários de Belém e do interior estão sempre prontos a este ato de solidariedade. Nós temos muito que agradecer a cada pessoa que se mobiliza em prol da doação, seja trabalhando na mobilização, seja estendendo o braço para deixar uma bolsa de sangue para o estoque. O que conta é a solidariedade no coração" destacou Juciara Farias, gerente de captação de doadores do Hemopa, ao agradecer todos os parceiros da doação de sangue.

O presidente do Hemopa, o administrador Paulo Bezerra parabenizou sua equipe pela realização das campanhas interna e externa, na capital e interior do Estado. “É muito gratificante ver essa corrente solidária em favor da doação de de sangue. Milhares de vidas serão salvas. Meus agradecimentos aos doadores e todos que participaram das campanha”.

Por Anna Cristina Campos (HEMOPA)