Iesp será ampliado para formar novos agentes de segurança pública

02/08/2021 18h04 - Atualizada em 02/08/2021 18h23

A Ordem de Serviço para a construção de mais um bloco de salas de aula no Instituto de Ensino de Segurança Pública (IESP) foi assinado nessa segunda-feira, 02, na sede da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup). A ampliação ocorre principalmente pelo aumento da demanda proveniente dos concursos das polícias Civil e Militar, com previsão de 1.088 alunos, entre aprovados nos cargos de delegado, investigador, papiloscopista e escrivão e mais de 2.405 PMs, entre praças e oficiais. 

A obra a ser erguida terá um bloco com quatro salas de aula que juntas terão a capacidade para 100 alunos, além de banheiros masculino, feminino e para pessoas com deficiência. O prédio contará ainda com sala administrativa e arquivo. A obra será construída entre os blocos E e F e custará R$ 223.962, 78 do tesouro estadual. A obra deve ser entregue ainda neste semestre. 

“Tendo em vista a capacitação e a valorização dos servidores, nós estamos investindo muito fortemente não só na reforma, mas na ampliação e nas melhorias para que a instituição possa realmente não só qualificar os policiais que irão entrar no sistema de segurança, mas também os que já são servidores. Nós estamos com várias frentes de trabalho, com uma nova quadra coberta, reforma de alojamentos e agora o serviço pra construção de mais um bloco, tendo em vista que nós estamos com concurso em andamento da Polícia Militar e da Polícia Civil”, ressaltou o secretário de segurança pública, Ualame Machado.  

Atualmente, o Instituto de Ensino possui espaço para qualificar mais de mil alunos, em período fora da pandemia, simultaneamente. Em razão da Covid-19, o Instituto passou a utilizar recursos tecnológicos para aulas online, além da modalidade híbrida. Com o retorno do ensino presencial, a capacidade de alunos foi reduzida para respeitar todas as medidas de prevenção à doença. 

Todos os profissionais aprovados em concurso público na área da segurança tem como a porta de entrada o IESP e por isso o órgão possui uma grande relevância no sistema, como afirmou Ualame Machado. “A formação de todos os que compõem a segurança pública é feita no Iesp, que realmente é a sala de visita dos órgãos de segurança. É o primeiro contato que o cidadão concursado tem com o sistema de segurança e daí a necessidade da gente ter um ambiente digno, um ambiente bom para que possa ter essa formação”, destacou. 

Participaram da assinatura o secretário de segurança pública, Ualame Machado, o secretário de gestão administrativa da Segup, Coronel Alan Guimarães, o diretor do Instituto, Coronel Antônio Bentes, a engenheira da secretaria de segurança pública, Carla Estácio e representantes da empresa vencedora da licitação. 

“Em breve, nós estaremos recebendo novos alunos e precisamos ter espaços aptos para recebê-los. Além disso, estamos trabalhando para melhorar sempre a nossa estrutura física, como alojamentos, quadra poliesportiva e dojô. Logo, todos esses espaços estarão disponíveis para a formação do futuro profissional de segurança pública”, enfatizou o coronel Antônio Bentes, diretor do IESP.  

IESP – O Instituto de Ensino de Segurança Pública é vinculado à Segup e foi criado pela Lei n° 6.257. O Iesp possui gestão acadêmica própria, autonomia didática, científica e disciplinar para formar profissionais por meio de estudo, ensino e aprendizagem, objetivando o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes, e capacitando agentes para a prestação de serviços de segurança.

Compõem o Instituto as academias de Bombeiros Militar (ABM), de Polícia Militar (APM) e de Polícia Civil (Acadepol).

Por Aline Saavedra (SEGUP)