Estado entrega cestas de alimentos a famílias indígenas da etnia Tembé

A parceria com a iniciativa privada está permitindo o auxílio a famílias que sofrem os impacto econômico e o isolamento impostos pela pandemia

28/07/2021 22h24 - Atualizada em 29/07/2021 09h28

O Governo do Pará entregou 85 cestas de alimentos, nesta quarta-feira (28), que serão destinadas a quase 400 famílias da etnia Tembé, da Terra Indígena Alto Rio Guamá, no município de Santa Luzia do Pará, na região Nordeste. Para preservar a comunidade no período de pandemia de Covid-29, as cestas foram entregues na sede da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), no município de Capitão Poço, na mesma região, a mais de 215 quilômetros de Belém.

Segundo o ouvidor-geral do Estado, Arthur Houat, as cestas serão higienizadas na Sesai antes de serem levadas às aldeias. “Em virtude do isolamento deles, da situação de insegurança alimentar que os povos indígenas estão vivendo, foi feita a solicitação e acabamos atendendo esse pedido”, informou.

Desde o início da pandemia, o governo do Estado vem trabalhando com a iniciativa privada para garantir alimentos a vários segmentos da população. A medida já beneficiou milhares de famílias em todo o Pará, e contribui com a manutenção dos abrigos públicos para pessoas em situação de rua e de instituições e entidades que abrigam ou prestam assistência a pessoas em vulnerabilidade social na Região Metropolitana de Belém.

“A gente consegue levar alimentos a essas famílias, a mães e mulheres que deixaram de exercer aquela atividade autônoma e entraram nesta situação delicada de insegurança alimentar. É muito importante para toda a nossa sociedade paraense ter grandes empresas contribuindo conosco”, destacou o ouvidor-geral.

Por Nathalia Mota (PARAPAZ)