Serviço itinerante do Igeprev atinge 9 mil atendimentos no interior 

Unidade móvel do Instituto já chegou a Salinópolis, facilitando o acesso a vários serviços

16/07/2021 16h14 - Atualizada em 16/07/2021 18h21

Desde fevereiro de 2021, quando o Instituto de Gestão Previdenciária do Pará (Igeprev) iniciou o processo de interiorização dos serviços, por meio do projeto itinerante, 9 mil aposentados e pensionistas já foram atendidos nas unidades móveis, em 21 municípios. Os caminhões equipados com ar-condicionado, internet, notebook, impressora, scanner, câmera de alta definição e equipamentos de coleta de biometria, além de rampas de acessibilidade, já percorreram 6 mil quilômetros por estradas paraenses, atendendo uma demanda antiga dos beneficiários, que pediam mais facilidade no acesso aos serviços oferecidos pelo Instituto.

A servidora Paula Gaia em atendimento no projeto itinerante"No serviço itinerante puder ver a carência pra quem mora no interior", disse Paula Gaia, servidora que atua nas unidades móveis. "As pessoas moram distante e não têm condições de ir até a sede do Igeprev para saber coisas simples, como emitir seu contracheque ou tirar dúvidas sobre seus proventos. Eu já viajei por mais de cinco municípios e pude perceber o quão satisfatório é, para os beneficiários, nossos atendimentos. Eles ficam muito felizes com o serviço que oferecemos para eles”, enfatizou.

Um ato em Salinópolis, no Nordeste do Pará, marcou a implantação do projeto itinerante no município. O presidente do Igeprev, Giussepp Mendes, agradeceu a dedicação dos servidores e o comparecimento dos segurados. “Desde fevereiro estamos com esse caminhão rodando por todas as regiões do Estado, e os números são fantásticos. O atendimento feito nas unidades móveis fica próximo ao realizado na sede do Instituto. Estamos muito felizes", afirmou.Presidente do Igeprev, Giussepp Mendes (c) e técnicos do Igeprev diante da unidade móvel

Até o final deste ano as unidades móveis vão percorrer cerca de 3 mil quilômetros, passando por mais 23 municípios. O trabalho atende a todos os protocolos sanitários para evitar a disseminação do novo coronavírus. "Num ano tão difícil como este, de pandemia, os beneficiários não precisaram se deslocar por imensas distâncias, evitando o contato com centenas de pessoas no transporte público, o que é muito gratificante pra nós", disse a servidora Joyce Maciel.

Serviço: As unidades móveis do Igeprev estão com programação definida até novembro. O percurso abrange as regiões Nordeste, Baixo Amazonas e Arquipélago do Marajó.

Por Cácia Medeiros (IGEPREV)