Imprensa Oficial do Estado doa 230 livros do Portal do Conhecimento para Portel, no Marajó

Obras foram arrecadadas na campanha 'Doe Livros, Doe Conhecimento'. Em três meses, o projeto arrecadou 2.270 livros e lançou o certificado “Amigo da Leitura”.

29/06/2021 14h21 - Atualizada em 29/06/2021 15h52

A coord. do Portal do Conhecimento, Sandra Batista, fez a entrega do acervo ao dir. de Cultura da prefeitura de Portel, Fábio Furtado A Imprensa Oficial do Estado (Ioepa), por meio do projeto Portal do Conhecimento, doou 230 livros da campanha “Doe Livros, Doe Conhecimento” para o município de Portel, no Marajó, nesta manhã de terça-feira (29). São livros de história, direito, economia, literatura infanto-juvenil, meio ambiente e saúde, entre outros temas, que irão compor o acervo da Biblioteca Pública Municipal Raimunda de Souza Primavera.

Representando o município marajoara, o diretor de Cultura da prefeitura municipal de Portel, Fábio Furtado, enfrentou 16 horas de barco até Belém para buscar o acervo e levá-lo até a nova biblioteca, localizada na avenida Floriano Peixoto, em frente à Praça da Bandeira, no centro da cidade.

“Estamos aqui (em Belém) para dizer que graças a Deus fomos contemplados com este acervo do Portal do Conhecimento, projeto que está sendo muito parceiro nessa retomada da biblioteca, já que ao assumirmos a gestão, encontramos a biblioteca em estado completamente deteriorado. Hoje, a biblioteca encontra-se equipada com acessibilidade para cadeirantes e uma ampla estrutura para receber os leitores infantis, jovens e adultos”, relatou o diretor de Cultura de Portel.

Furtado disse ainda que a doação será de grande importância para a retomada da biblioteca no segundo semestre. “Infelizmente, devido à pandemia, estamos trabalhando de forma remota, mas como a vacinação está avançada - já começamos a vacinar de 18 anos para acima, a gente pretende retomar as atividades, com atendimento ao público em geral a partir de agosto”, informou ele.

Segundo a coordenadora do Portal do Conhecimento, Sandra Batista, os livros foram selecionados de acordo com a demanda do município, a partir de um cadastro enviado ao projeto Portal do Conhecimento. “Como ainda estamos na pandemia, solicitamos que nos enviem um ofício por email, com o preenchimento da ficha de caracterização da biblioteca municipal ou escolar, informando também quais tipos de literatura eles necessitam”, explicou ela.

Os livros doados foram arrecadados por meio da campanha de arrecadação “Doe Livros, Doe Conhecimento” junto à sociedade civil interessada em doar acervos particulares para o projeto, que também faz a seleção dos municípios interessados em receber os acervos para compor suas bibliotecas.

Só nestes primeiros três meses de campanha, o projeto arrecadou 2.270 livros doações de livros variados e lançou o certificado “Amigo da Leitura” para entregar aos doadores de livros. “No segundo semestre queremos ir para as praças aos domingos para fazer essa busca ativa e dar visibilidade ao projeto. Não estávamos fazendo por conta da pandemia, mas como o Governo do Estado mudou o bandeiramento e as atividades presenciais estão voltando paulatinamente, a gente vai se preparar para fazer a arrecadação presencial”, contou ela.

Pontos de arrecadação

No início do mês, o Portal do Conhecimento fechou parceria com o Sindicato dos Condomínios de Belém, inaugurando pontos de arrecadação de livros nos prédios de vários bairros da cidade, aumentando assim o número de doações à campanha. “A classe média e alta têm oportunidade de ler. Então, muitas vezes aquele livro que está na estante pode alcançar outras  paragens. Por isso, vamos fazer a arrecadação nestes prédios. A gente arrecada da sociedade e doa para quem precisa”.

Baixo IDH

Além de Portel, receberam doações do Portal do Conhecimento os municípios de Tracuateua e São Félix do Xingu. Muaná, outro município do Marajó, também receberá a doação. Segundo Sandra Batista, um dos critérios importantes para receber a demanda é o baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos municípios inscritos. “A gente vê quem tem mais necessidade. Geralmente o que eles nos contam é que encontram a biblioteca municipal fechada e deteriorada ou sem condições de funcionamento, então nosso intuito é que eles retomem as atividades, com o apoio do nosso acervo”, contou ela.

Serviço:

Os municípios que tiverem interesse em criar e ampliar seu acervo de livros nos espaços de leituras nas comunidades ou nas escolas públicas podem enviar ofício para o e-mail: portaldoconhecimento@ioe.pa.gov.br. O telefone do Portal é (91) 4009- 7847. Quem quiser doar ou obter informações sobre a doação de livros deve ligar ou acessar, aqui, a página do Portal do Conhecimento no Faceboook.

Texto de Julie Rocha (Ascom / IOEPA).

Por Governo do Pará (SECOM)