Reutilização de óleo de cozinha produz sabão em oficina ministrada pela Semas no Bengui

Técnicos da Secretaria explicaram prejuízos do descarte de óleo no meio ambiente e alternativa sustentável de reaproveitá-lo

22/06/2021 14h26

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas) iniciou mais uma Oficina de Economia Doméstica em Rede comunitária, dessa vez, no bairro do Bengui, em Belém, nesta terça-feira (22). A atividade na Escola Estadual Marilda Nunes começou com orientações sobre a reciclagem de óleo de cozinha para produção de sabão. A iniciativa da Semas faz parte do Programa do Governo do Estado Territórios pela Paz (TerPaz), que tem como objetivo atender a população e diminuir índices de violência em sete bairros com fragilidade social na Região Metropolitana de Belém.

O curso contou com a participação de servidores da escola e moradores do bairro que receberam orientação dos técnicos da Semas, sobre o passo a passo para a transformação de óleo de cozinha usado em sabão caseiro. Nesse primeiro dia, os participantes receberam noções sobre a parte teórica para, na quarta-feira (23), atuarem na prática.

Waldilene Garcia, bióloga e gerente de articulação e difusão da Educação Ambiental da Semas, destacou a importância do reaproveitamento de óleo e expôs os prejuízos causados pelo descarte irregular do produto: entupimento de esgoto e tubulações, impermeabilização do solo, além da poluição dos rios e ecossistema aquático. Também houve uma apresentação em vídeo sobre os danos do óleo nos rios e na vida marinha.

Edivaldo Oliveira, morador há mais de 30 anos no bairro, participou anteriormente de outras ações da Semas, como os cursos de Agente Ambiental, de compostagem e agora participa da oficina de reciclagem do óleo. Ele contou que coloca em prática no seu local de trabalho tudo o que aprendeu no curso. “Antes da oficina eu doava o óleo que produzia para cooperativas, mas agora posso reaproveitar na minha casa na produção do sabão, já que eu acumulo cerca de um litro de óleo por mês” explicou.

A comerciante e moradora do Bengui, Áurea Pacheco, explicou que é muito importante a inciativa da Semas em ensinar sobre a reciclagem na produção do sabão. “Eu doava o óleo produzido na fritura no meu trabalho, mas agora que adquiri esse conhecimento da reciclagem, vou reaproveitar fazendo o sabão. Essa iniciativa é muito boa para a melhoria do meio ambiente, pois é muito lixo descartado irregularmente e esse conhecimento é muito bom para que possamos ter uma melhoria de vida. O que eu aprendi aqui eu não quero guardar só pra mim. Eu quero poder compartilhar com outras pessoas para que elas também possam multiplicar esse conhecimento” comentou. 

As ações da Semas continuam no Território (bairro) do Bengui, em Belém. Na quarta-feira (23), será feita a parte prática da oficina da produção de sabão e curso de compostagem; quinta-feira (24), coleta seletiva, e na sexta-feira (25), Eco Ponto, para receber dos moradores material reciclável acumulado, além da palestra de integrante do Instituto Alachaster – que dá apoio à oficina - sobre sustentabilidade.

Por Bruna Brabo (SEMAS)