TerPaz realiza ação de cidadania no bairro da Terra Firme

Emissão de documentos de forma gratuita garante acesso à inclusão e oportunidade de emprego

16/06/2021 14h38 - Atualizada em 16/06/2021 15h15

Na manhã desta quarta-feira (16) foi a vez dos moradores do bairro da Terra Firme, em Belém, receberem a ação "Meu Registro", promovida pela Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) em parceria da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster). 

Realizada na Escola Municipal Parque Amazônia, a comunidade teve acesso a serviços de forma gratuita, como a emissão da 1ª e a 2ª vias da certidão de nascimento e a 2ª via da certidão de óbito. Grávida de 8 meses, a estudante Paula Palheta aproveitou para tirar a segunda via da certidão dos dois filhos.

Paula‘’Essa é uma oportunidade muito boa para os moradores, inclusive para mim, já que o investimento financeiro era muito alto. Eu tinha que tirar a segunda via da certidão dos meus dois filhos, e aqui tive a oportunidade de conseguir de graça’’, disse a estudante.

‘’Como o TerPaz é um programa de política pública inclusiva, e tem um viés de continuidade, hoje estamos com mais essa ação de emissão de documentos importantes. Nós sabemos que, no Estado do Pará e em todo o Brasil, tem um déficit, já que poucas pessoas têm acesso a sua certidão de nascimento, e o TerPaz tem esse papel de prover e promover espaços de inclusão e de direitos’’, ressaltou a gestora da Terra Firme, Gabriella Oliveira.

A gerente de Projetos Estratégicos da Diretoria de Renda, Cidadania e Combate à Pobreza da Seaster, Creuza Costa, ressaltou a importância do registro de nascimento. ‘’Esse projeto trabalha na promoção do acesso a gratuidade da 1ª e 2ª vias da certidão de nascimento e da 2ª via da certidão de óbito para que o cidadão possa ingressar tanto nos programas sociais a partir do Cadastro Único (CadÚnico), quanto obter as demais documentações, e para ter acesso a outros direitos da rede da proteção básica, como trabalho, moradia e saúde’’, afirmou.

Maria de FátimaA doméstica Maria de Fátima Caldas também aproveitou para tirar a segunda via da certidão de nascimento. ‘’No momento eu não tinha dinheiro para tirar a certidão, já que estou desempregada, por isso, aproveitei a oportunidade’’, relatou a moradora.

Moradora do bairro da Terra Firme há 12 anos, Lucila de Lima afirmou que ficou sabendo da ação por meio das redes sociais. ‘’As ações do Governo que são realizadas aqui no bairro são de extrema importância, e essa não é diferente, está ajudando muito a quem precisa, como eu, que não tinha condições de pagar pela segunda via da minha certidão de nascimento’’, concluiu a moradora.

A próxima ação do "Meu Registro" irá ocorrer nesta quinta-feira (17) na Escola João Carlos Batista, localizada na travessa Cristina Cardoso, no bairro da Cabanagem em Belém. O horário de atendimento é das 9h às 12h. 

Veja a documentação necessária para obter novos documentos:

 Certidão de nascimento (1ª via):

- Declaração de nascido vivo;

- Registro administrativo de nascimento indígena;

- RG e CPF originais e cópias dos pais;

- Comprovante de residência;

- Telefone para contato.

 

Certidão de nascimento (2ª via):

- Cópia de certidão de nascimento original;

- Cópias do RG, CPF e NIS;

- Telefone para contato.

 

Certidão de óbito (2ª via):

- Cópia de certidão de óbito original;

- RG e CPF do solicitante da certidão de óbito;

- Telefone para contato.  

Por Elizabeth Teixeira (SEAC)