Emater instala Unidade Demonstrativa para produção de feijão manteiguinha em Almeirim

31/05/2021 14h31 - Atualizada em 31/05/2021 14h57

A variedade manteiguinha do feijão caupi começa a ser introduzida pelo escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural no município de Almeirim, Região do Baixo Amazonas. A Unidade Demonstrativa (UD) está sendo implantada em uma área de um hectare pertencente ao produtor Dilamar Scapini, que trabalha na agricultura da região há cerca de 15 anos e está confiante nos resultados.

“Eu já plantei outras variedades de feijão, como o rajado, o carioquinha, o preto e até o caupi, mas havia parado. Agora, recebi essa proposta de parceria para testar essa variedade do manteiguinha pela Emater. Então resolvi participar como unidade demonstrativa e estou na expectativa para ter um bom resultado”, afirma o agricultor que disponibilizou sua área e também o maquinário para o plantio mecanizado.

Para Elinaldo Silva, coordenador do Escritório Local da Emater em Almeirim, a mecanização do plantio traz vantagens como o solo limpo, maior aproveitamento da semente, a uniformidade e rapidez no plantio, e o espaçamento adequado. Para se avaliar melhor os resultados que serão obtidos na UD, o plantio será comparado com o de outras três áreas, uma com área preparada de forma mecanizada e com o plantio feito manualmente, outra com preparação e plantio manuais e uma terceira, que será feita a partir de agosto, utilizando áreas de várzea para o plantio.

“Estamos utilizando no plantio a variedade de semente melhorada pela Embrapa e tratada e distribuída pelo Centro de Treinamento Agroecológico, Inovação Tecnológica e Pesquisa Aplicada do Nordeste Paraense (UDB) da Emater, em Bragança. Vamos avaliar os resultados do plantio dessa variedade de forma mecanizada, que também é uma novidade aqui no município, comparado com outras técnicas de plantio que estão sendo usadas em outras propriedades”, explica Elinaldo Silva. A expectativa é de a Unidade Demonstrativa alcance cerca de 20 famílias de produtores do município.

Feijão Manteiguinha

O feijão manteiguinha é uma tradição na culinária da Região do Médio e Baixo Amazonas. É uma variedade do feijão caupi com grãos bem pequenos e macios. Acredita-se que pode ter sido introduzido na região por religiosos italianos (em Monte Alegre) e americanos (em Santarém) no século XIX, com seu cultivo relacionado a uma tradição quilombola.

A retomada da produção da espécie no Baixo Amazonas, com grãos melhorados e mais próximos dos originais, é possível graças a produção de amostras nativas, uma parceria entre Emater Pará e Embrapa Amazônia Oriental que começou há cerca de 7 anos, por meio da coleta de exemplares em municípios do Estado, como Monte Alegre, Santarém, Bragança, Augusto Corrêa e Tracuateua.

É essa variedade de manteiguinha que está sendo plantada agora na UD em Almeirim. A expectativa é de que a colheita ocorra entre 70 e 75 dias.

Po: Etiene Andrade (Ascom/Emater)

Por Governo do Pará (SECOM)