Santa Casa homenageia mães servidoras e usuárias da instituição neste final de semana

Em 2020, a maternidade realizou 8.620 partos, uma média de 700 partos por mês, mantendo-se como a maior maternidade do Norte do País

07/05/2021 13h50 - Atualizada em 07/05/2021 15h02

A programação de homenagem às mães foi aberta com um culto ecumênico na capela da Fundação Santa Casa, nesta sexta-feira (7) A Santa Casa começou nesta sexta-feira (7) uma programação especial pelo Dia das Mães, data celebrada no próximo domingo (9). O objetivo é trabalhar o acolhimento e despertar a importância da mãe no contexto atual e fortalecer o hospital, que abriga a maior maternidade do Norte do País. Em 2020, a maternidade realizou 8.620 partos, uma média de 700 partos por mês.

“Nós, enquanto mulheres que ocupamos um papel tão importante para a sociedade dentro desta instituição, reforçamos a convicção de que a Santa Casa é um hospital de referência à saúde da mulher e à saúde da criança também”, afirmou a diretora de Planejamento, Orçamento e Gestão (DPOG) da Fundação Santa Casa, Walda Valente dos Santos.

A programação foi aberta na capela do hospital com um culto ecumênico. “Nosso corpo de pessoal é liderado por quase 80% de mulheres e, com certeza liderado, por mães. Que o Senhor nos abençoe e nós consigamos levar adiante o nosso papel de ser mãe, nas nossas casas, de nossos filhos e ser mãe também de nosso time, quando a gente carrega o paciente aqui dentro, nós também fazemos o papel de mãe”, enfatizou a diretora Walda dos Santos.

Diretora de Planejamento da Santa Casa, Walda dos Santos: "Que o Senhor nos abençoe e nós consigamos levar adiante o nosso papel" “Quantas mães já passaram na Santa Casa, nesses 371 anos, tanto nos atendimentos como tendo seus filhos aqui? Abençoar o trabalho que vocês fazem em prol daquelas mães, que aqui recorrem para terem seus filhos, é um reconhecimento da sociedade”, disse o diácono da igreja católica, José Marruá da Silva.

Ele acrescentou: "a mãe é aquela que acolhe seu filho seja ele biológico ou de coração. A mãe é capaz de dar a vida pelo seu filho, faz o seu sacrifício que é bem visível em prol de seus filhos”.

O pastor Isaias Borcem fez uma explanação baseada no livro de provérbios da Bíblia, que fala sobre a mulher virtuosa, enaltecendo a importância de sua dedicação no seu contexto de vida. “Uma mãe é capaz de amar tanto o seu filho, a ponto de fazer coisas inexplicáveis para defendê-lo. E a bíblia apresenta muitas mulheres com muitas características que são lições de vida para todos nós”. 

Encerrando a primeira parte da programação, o maestro Elil dos Anjos cantou duas músicas e presenteou as pessoas presentes na capela, com uma canção gravada pelos integrantes do Coral Saúde e Vida Maria Helena, em homenagem às mães servidoras e às usuárias da Santa Casa. 

Programação -  Desta sexta-feira (07) até segunda-feira (10), a Santa Casa disponibiliza um cenário temático para as fotos de mães, na área do hospital centenário, com acesso a servidores e usuários. Na segunda (10), haverá distribuição de brindes para mães usuárias das alas da maternidade.

Por Samuel Mota (SANTA CASA)