Sejudh participa de webnário da I Semana de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas

As transmissões da programação estadual poderão ser acompanhadas pelas redes sociais da Secretaria no Facebook e Youtube, a partir de 4 de maio

28/04/2021 13h09 - Atualizada em 28/04/2021 15h41

Com o tema “Pelas lentes do tráfico de pessoas na atualidade”, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Pará (Sejudh) e a Comissão Estadual de Erradicação ao Trabalho Escravo (Coetrae) promoverão um webinário, (seminário através da web), de 4 a 6 de maio, para marcar o início da programação da I Semana Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.Sejudh atua no enfrentamento do crime de tráfico de pessoas  

De acordo com a coordenadora estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, Erradicação do Trabalho Escravo e Migração Segura, Lorena Romão, "o objetivo dos encontros é oferecer aos participantes elementos que levem à reflexão sobre a importância do debate de enfrentamento ao tráfico de pessoas no Brasil, principalmente, durante a pandemia; a ampliação de conhecimento e mobilização da sociedade, das instituições públicas e privadas e das redes de serviço", destacou.

Atividades

A abertura do webnário, em 4 de maio, será feita pelo secretário de Justiça e Direitos Humanos, José Francisco, pela diretora de Cidadania e Direitos Humanos, Verena Arruda; juiz titular da 2ª Vara do Trabalho de Marabá, Jônatas dos Santos Andrade; e pela representante da Regional Norte II, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Henriqueta Cavalcante.

Outras entidades e órgãos participarão do evento, como a Polícia Civil, Fundação ParáPaz, Comissão Pastoral da Terra (CPT), Ong Sódireitos, Grupo das Mulheres Prostitutas do Estado do Pará, Defensoria Pública da União, Agência da ONU para refugiados e Cáritas Brasileira.

As transmissões acontecerão pelas redes sociais da Sejudh no Facebook e no Youtube.

Por Gerlando Klinger (SEJUDH)