Governo cumpre cronograma de pagamento para auxílio de R$ 100 e R$ 500

O benefício garante reforço financeiro para os paraenses que enfrentam as dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19

06/04/2021 12h26 - Atualizada em 06/04/2021 13h51
Por Bruna Brabo (SECOM)

"Esse benefício de 500 reais está me ajudando muito, já que a gente está parado, não tem renda. Como estamos nessa situação de pandemia, veio em um momento bom. Dependemos de outros profissionais que, assim como a gente, também estão parados. Nós temos família e filhos pra sustentar. Nesse momento, vou aplicar no meu material de trabalho e na alimentação, que é o básico de tudo. O incentivo do governo é muito bom, e já dá uma levantada para gente que é autônomo", afirmou o barbeiro Edmilson Santos, após receber o auxílio emergencial do Renda Pará, do governo do Estado.

O barbeiro Edmilson Santos foi um dos contemplados pelo benefício de R$ 500O benefício integra o pacote econômico e tributário do governo estadual que, através do Banco do Estado do Pará (Banpará), realiza pagamentos para dois grupos pelo Renda Pará: auxílio de R$ 100 destinado para famílias em situação de vulnerabilidade social que possuem cadastro ativo no Bolsa Família, e o valor de R$ 500 para garçons, manicures, barbeiros, cabeleireiros, maquiadores, profissionais ligados à música e educadores físicos autônomos.

O auxílio é pago em cota única e garante reforço financeiro para os paraenses que enfrentam as dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19. De acordo com o Banpará, o Renda Pará (100 reais) já realizou 370.872 pagamentos, totalizando mais de 37 milhões em recursos. O pagamento do auxílio ocorre até o dia 19 de abril de acordo com mês de nascimento de cada beneficiário com cadastro ativo no Bolsa Família.

“Vim logo receber pra comprar meu remédio para poder voltar a trabalhar. Pra mim, é de grande ajuda, já que não tenho emprego fixo, trabalho como diarista. Saindo daqui vou passar na farmácia logo”, disse a dona de casa Odinéia Menezes, de 50 anos. “Pra mim foi bom, porque tava precisando. Estou sem trabalhar, tenho problema de asma e não tô saindo por conta da pandemia. Não tá sendo fácil, mas vai melhorar. Veio numa boa hora”, acrescentou a cabeleireira Regina Rodrigues, 64 anos.

A diarista Odeneia Menezes foi ao Banpará e conseguiu receber o auxílio de R$ 100Para conferir se foi contemplado com o benefício, basta acessar o site do Renda Pará. O usuário deve ficar atento e seguir o calendário para evitar aglomerações nas agências bancárias. Os dias 06 e 07 de abril são voltados para o benefício de R$ 100 reais para os nascidos em agosto. Já o auxílio de R$ 500, os pagamentos estão sendo realizados para os que nasceram em fevereiro.