Programa de Gestão Ambiental da Uepa fortalece práticas sustentáveis dentro e fora da instituição

Universidade lançou no final do ano passado o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, em vigência a partir de 2021 até 2030

25/02/2021 10h38 - Atualizada em 25/02/2021 10h50

Implantar a gestão ambiental dentro da Universidade do Estado do Pará, com base nos princípios da sustentabilidade, é o principal objetivo do Programa de Gestão Uepa Ambiental, que busca fortalecer práticas sustentáveis para além do espaço institucional. A iniciativa atua em quatro eixos principais: gestão de resíduos sólidos, educação ambiental, compras e licitações sustentáveis e o uso sustentável dos recursos naturais.

Segundo o engenheiro ambiental e coordenador do Programa, Hyago Souza, quando uma instituição adota uma gestão ambiental e incorpora novas atitudes dentro dos seus processos administrativos e executivos, em todas as suas esferas e segmentos, fortalece o planejamento estratégico institucional e vive um avanço muito significativo dentro dos contextos econômico, social e ambiental.

“Práticas de desenvolvimento sustentável são exigidas em todas as esferas de governança executiva. Infelizmente, muitos municípios ainda não possuem planejamentos estratégicos com esse intuito e nós como instituição pública de educação, já temos esse plano em vigência. Fortalecer a educação ambiental na instituição, para fazer com que alunos, servidores, docentes e técnicos mudem seus hábitos e adquiram práticas mais sustentáveis é muito importante para o futuro da região amazônica”, ressalta o coordenador. 

GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS 

Em dezembro de 2020, a Uepa lançou o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, em vigência a partir de 2021 até 2030. O Relatório Técnico-Científico foi apresentado aos membros do Conselho Universitário (Consun), durante a 242ª reunião ordinária, realizada no Centro de Ciências Naturais e Tecnologia (CCNT).

O documento, publicado pela Editora da Uepa (Eduepa), é o primeiro instrumento de gestão construído pelo Programa Uepa Ambiental, institucionalizado desde 2018. O relatório atende à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e à Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), além dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Os programas relacionados à gestão ambiental estão, a cada dia, sendo mais exigidos nas legislações e se fazem cada vez mais necessários, especialmente, por conta dos grandes impactos ambientais que o mundo vive”, explica Hyago Souza. O objetivo para 2021 é expandir as práticas de educação ambiental para outros campi da Universidade, além das unidades de Belém.

Confira o artigo “Educação ambiental e o descarte irregular de resíduos sólidos urbanos na Amazônia”, publicado pelo Programa em dezembro de 2020, na “Revista Brasileira de Educação Ambiental”.

Por Giovanna Abreu (SECOM)