Fibra óptica é instalada em todos os campi da Uepa

11/02/2021 14h48 - Atualizada em 11/02/2021 15h21
Por Marília Jardim (UEPA)

Em tempos de distanciamento social, devido aos protocolos de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19), e de eventos virtuais cada vez mais frequentes, ter uma Internet de qualidade é essencial para o desenvolvimento das atividades acadêmicas da Universidade do Estado do Pará (Uepa). 

Por isso, com o objetivo de melhorar a qualidade de acesso à internet, desde o último dia 28 de janeiro, todos os campi da Uepa têm implantados tecnologia de Internet em fibra óptica. “A fibra óptica é a tecnologia disponível que tem a melhor qualidade de serviço com o menor custo”, explica o diretor de Serviços de Processamento de Dados (DSPD) da Uepa, Ítalo Di Paolo. 

Para Ítalo, o principal desafio para a implantação da fibra óptica era geográfico, pois o Pará possui dimensões continentais e esta tecnologia não estava disponível em todos os 17 municípios em que a Uepa está presente fisicamente. “Com essa limitação rompida, passamos a ter novos desafios. Podemos avançar nas tecnologias atuais, como educação a distância, acesso à informação, uso de ferramentas administrativas e acadêmicas, enfim, interconectar os campi em serviços mais modernos”, completa Ítalo. 

Os campi X e XIV, de Igarapé-Açu e Moju, respectivamente, foram os últimos a receber a tecnologia de fibra óptica, entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021. Com a implantação, novas melhorias internas podem ser feitas futuramente, a exemplo dos quadros digitais, para webconferências em grupo, distribuição de Wi-Fi nos campi, entre outras tecnologias.

A coordenadora do Campus XIV da Uepa, em Moju, professora Cyntia França, aponta que “a implantação da fibra óptica no campus é um grande avanço, principalmente agora no cenário pandêmico”.  Atualmente, as aulas dos cursos de Pedagogia, Matemática, Letras e Ciências Naturais-Biologia estão no modo remoto e apenas o setor administrativo está funcionando presencialmente. 

Com uma média de 540 alunos, somando os estudantes de todos os cursos, a professora também comenta que todos serão beneficiados com a nova tecnologia implantada no local. “Esperamos que com a fibra óptica nosso trabalho possa fluir mais, dar andamento nos processos que hoje precisam  de uma Internet de qualidade para isso e também esperamos que nossos alunos quando retornarem ao campus também possam usufruir dessa valiosa conquista”.