Detran instala radares em três rodovias estaduais a partir de 4 de janeiro

Equipamentos fiscalizam as rodovias para reduzir os acidentes de trânsito, já que o excesso de velocidade ainda é uma das principais causas de colisões

30/12/2020 14h49 - Atualizada em 30/12/2020 15h50
Por Eduardo Vilaça (DETRAN)

Radares estarão nos dois sentidos da PA-136, km 67, em Castanhal; PA-320, km 4, também em Castanhal; Alça Viária, km 3, MaritubaO Departamento de Trânsito do Estado (Detran) inicia em 4 de janeiro de 2021, o uso de radares do tipo fixo em três rodovias estaduais para fiscalizar o limite máximo de velocidade nas vias. A implantação do equipamento visa à fiscalização dos perímetros em que os equipamentos estarão posicionados na busca da redução de acidentes de trânsito. Os radares estarão localizados em ambos os sentidos da PA-136, km 67, em Castanhal; PA-320, km 4, também em Castanhal; e na Alça Viária, km 3, em Marituba, município da Região Metropolitana de belém (RMB).

O Detran adotará um projeto de atuação educativa entre os dias 4 e 31 de janeiro de 2021, em que as infrações capturadas no período não serão validadas. A medida quer alertar os motoristas sobre os comportamentos de risco, além de adaptar a população ao novo método de registro de infração. A fiscalização efetiva nas rodovias, com aplicação de penalidade, somente se iniciará a partir do dia 1º de fevereiro de 2021.

Conduzir um veículo acima da velocidade máxima permitida, além de ser infração, segundo o artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), também, é um dos principais fatores de risco de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Diretor técnico-operacional do Detran, Bento Gouveia informa que, de acordo com o levantamento de dados do órgão, apenas 2% dos condutores são flagrados ultrapassando a velocidade permitida nas vias, mas ele reforça que, mesmo sendo uma porcentagem pequena, se comparada com o total, também é a mais envolvida em acidentes graves.

“Mesmo que a maioria das pessoas nas vias seja de bons condutores, o excesso de velocidade ainda é uma das principais causas de acidentes. Principalmente quando também ocorre o consumo de álcool antes de dirigir, e o condutor tende a acelerar. Uma das principais formas de coibir essa prática, dentro da legislação, é com a implantação dos radares”, destaca Bento Gouveia.

A fiscalização do limite de velocidade dos pontos em que os radares estão posicionados, que serão indicados por placas R-19, será em tempo integral. Das 6h às 22h, e também ocorrerá a fiscalização das infrações de avanço de sinal vermelho no semáforo (Art. 208 do CTB) e parar o veículo sobre a faixa de pedestres na mudança do sinal luminoso (Art. 183 do CTB). 

*Com colaboração de Esther Pinheiro