Joias trazem encantamento da Amazônia em mostra no Polo Joalheiro

São 45 joias em duas coleções de peças integradas e inspiradas na Cultura Marajoara em exposição e à venda até o dia 13 deste mês de dezembro

02/12/2020 16h26 - Atualizada em 02/12/2020 19h05

O público tem até o dia 13 de dezembro (um domingo) para conferir as criações da exposição de joias “Amazônia Encantadora”, by Francileudo Furtado e Patrícia Ramos/LP Joias, no Espaço São José Liberto, na Praça Amazonas, s/n, no bairro do Jurunas, em Belém. A mostra representa o ponto mais alto da programação sobre o patrimônio cultural da região, iniciada ainda em novembro de 2020.Brincos e outras peças com design inspirado na milenar cultura marajoara

Aberta no dia 26, a expô traz duas coleções de peças integradas e inspiradas na Cultura Marajoara, sua iconografia encontrada na cerâmica e na ave Ararajuba. São expostas 45 joias em prata, criadas pelos designers José Leuan (PA) e Lídia Abrahim (PA) e produzidas pela LP Joias e Fundições, com a ourivesaria e esmaltação de Francileudo e Patrícia.

"A arte marajoara veio a partir de uma ideia da minha esposa (Patrícia), ela queria criar joias com ícones da nossa cultura. A gente tem uma parceria já de longa data com a Lídia, a convidamos para fazer essa coleção, e ela topou na hora. O Leuan, que fez as peças inspiradas na Ararajuba, também, de imediato, aceitou o convite, e nesse caso nossa ideia veio de um passeio no Parque do Utinga, vendo toda aquela arborização", conta Francileudo.A mostra está aberta à visitação no Espaço São José Liberto até 13 de dezembro

A parceria também já pré-existente com o Polo Joalheiro e com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama) foi um grande facilitador para que a mostra se concretizasse. "Desde o início tivemos todo o apoio, desde a organização até a divulgação, e posso dizer que o resultado final é fantástico", admite o ourives.

SERVIÇO

O Espaço São José Liberto fica na Praça Amazonas, s/n, n bairro do Jurunas, em Belém.

Por Carol Menezes (SECOM)