Professores de Ciências Humanas da rede pública adotam estratégias para o Enem

Docentes de Geografia e História orientam os estudantes sobre como organizar o estudo para obter êxito no Exame Nacional

23/11/2020 19h01 - Atualizada em 23/11/2020 19h34
Por Dayane Baía (SECOM)

A corrida para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) avança e os professores da rede pública estadual de ensino desenvolvem estratégias para reforçar temas com maior probabilidade de abordagem nas provas. Na primeira matéria jornalística sobre os preparativos, docentes da área de Ciências Humanas compartilham informações sobre as disciplinas Geografia e História. Em dezembro, o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), iniciará a revisão.

Elesbão Duarte leciona Geografia na Escola Estadual Dr. Otávio Meira, em Benevides, município da Região Metropolitana de Belém. Ele confirma que a pandemia de Covid-19 tornou a preparação para o Enem ainda mais desafiadora, e por isso utiliza métodos como forma de amenizar o possível déficit em razão da conjuntura.

Utilizando o ensino remoto, ele ministra as aulas oferecendo, aplica muitos exercícios para os alunos treinarem e depois faz a correção. “Procuramos elaborar os materiais enfatizando, sobretudo, aqueles temas que são mais frequentes nas provas do Enem, e alguns pontos, como espaço agrário, urbanização, meio ambiente, dinâmica populacional e geografia física”, informou o professor.Elesbão Duarte, que leciona Geografia, diz que os materiais enfatizam, sobretudo, temas mais frequentes nas provas do Enem

De acordo com Elesbão Duarte, geofísica sempre é abordada nas provas, considerando os últimos anos. “Com a cartografia é importante enfatizar as noções de localização geográfica, como coordenadas geográficas, pontos cardeais e colaterais, além do fuso horário e projeções cartográficas. Já a litosfera aborda as camadas da Terra, a teoria da deriva continental, a teoria da tectônica de placas, os agentes modeladores do relevo, os tipos de rochas, as estruturas geológicas, as formas de relevo e os tipos de solo. A hidrosfera trata da distribuição da água no planeta; do uso da água de acordo com as atividades humanas, do ciclo hidrológico e das bacias hidrográficas. E a atmosfera, por sua vez, destaca os tipos de clima, as massas de ar, e toda a dinâmica atmosférica”, definiu o docente.

Vias de acesso - Os alunos concluintes do ensino médio contam com três vias de acesso a conteúdos preparatórios. Além da TV Cultura e o canal da Seduc no Youtube, a plataforma Enem Pará agrega todo o conteúdo de vídeos, apresentações e apostilas de exercícios voltados para as provas.

Elaborado pela Seduc em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), a plataforma oferece análise de rendimento e verificação de aprendizagem. “Fazemos uma avaliação do aluno personalizada. Ao se cadastrar, ele tem acesso a um acervo de aulas gravadas, Power Point, material didático (apostilas), exercícios. Ao ponto que ele vai acessando a disciplina e só pode ter acesso à outra aula depois que concluir a anterior. Ao ultrapassar cada aula, vai obtendo um rendimento e fazemos a avaliação dentro do contexto de habilidades, informando o aluno sobre as dificuldades e onde ele deve reforçar outros conteúdos”, explicou o coordenador do Enem Pará, Diego Maia.Professor de História, Diego Maia alerta para questões mais abstratas nas últimas edições do Enem

A plataforma registrou 32 mil visitas nos últimos 30 dias, sendo 6.800 acessos únicos de dispositivos diferentes, 71% via celular, de todas as regiões do Estado. Atualmente estão cadastrados 10.102 alunos do terceiro ano do ensino médio, dos quais 6.172 são considerados ativos e realizam atividades diariamente.

O Canal da Seduc no Youtube é uma ferramenta importante para o aluno tirar dúvidas. “É como se fosse o plantão e os professores estão ao vivo, com maior interatividade. No dia 5 de dezembro vamos começar a revisão somente com exercícios. É a primeira vez que o governo do Estado oferece a revisão. Isso é muito importante para quem está se preparando”, enfatizou o coordenador.

Diego Maia também é professor de História e compartilhou alguns direcionamentos para quem almeja êxito nas provas. “Na verdade, o que temos percebido é uma mudança com relação aos conteúdos abordados em Ciências Humanas, com questões mais abstratas. O aluno tem que ficar muito ligado nas interpretações dos textos-base. A minha dica é o aluno não estudar por recorrência, e sim focar em uma sistemática de abordagem completa, com estratégia de prova. Deve tomar muito cuidado ao ler o enunciado para interpretar com clareza. Só então partir para o texto-base e depois ler as alternativas”, orientou.

Serviço: Para acessar a plataforma Enem Pará clique em https://www.enempara.com/

O canal da Seduc no Youtube é https://www.youtube.com/c/SeducPar%C3%A1edu/featured

O Programa Enem Pará vai ao ar pela TV Cultura do Pará, de segunda a sexta-feira, às 17h30, no canal 2.