Curso de agricultura orgânica qualifica internas da CRF de Santarém

20/11/2020 18h07
Por Vanessa Van Rooijen (SEAP)

O curso de agricultura orgânica, realizado no Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Santarém, é mais uma ferramenta para agregar conhecimento para as mulheres privadas de liberdade e permitirem que, quando livres, busquem o sustento de forma autônoma e qualificada. O curso é uma parceria entre a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR). A iniciação do curso ocorreu na segunda-feira (16) e foi finalizado nesta sexta-feira (20). O curso contou com a participação de 10 internas.

A capacitação em agricultura orgânica serve de grande aprendizado e qualificação para as reeducandas de Santarém. Na unidade, hortaliças estão sendo cuidadas por elas. O objetivo é ensinar as técnicas para que as internas possam reproduzir futuramente.

De acordo com Livia Medeiros, diretora da CRF de Santarém, o foco na ressocialização deve ser feito de forma que as internas não reincidem aos crimes cometidos e possam ter uma vida nova quando saírem. “É a oportunidade para se inserir no mercado de trabalho ou até mesmo de se tornarem produtoras familiares de produtos orgânicos”, explicou Livia, sobre a importância do curso.