Esmac derrota o Paysandu e conquista o título de campeã do Parazão Feminino 2020

Com o placar de 4 x 0 sobre a equipe bicolor, a Esmac garantiu vaga para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A2

17/11/2020 18h56 - Atualizada em 17/11/2020 20h03
Por Paula Portilho (SEEL)

A forte chuva que caiu na tarde desta terça-feira (17), em Belém, antecedeu a vitória do time da Esmac, que conquistou pela sexta vez o título do Campeonato Paraense de Futebol Feminino 2020, vencendo a equipe do Paysandu por 4 x 0, no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão.

Com atraso por causa da chuva, as jogadoras de Paysandu e Esmac entraram em campo às 16 h. Logo no primeiro minuto, Raquel abriu o placar para a Esmac. O segundo gol foi marcado por Lora Capanema, aos 15 minutos. E aos 35 minutos, Jeane, do Paysandu, fez gol contra. Já no segundo tempo, Cássia fez o quarto gol para a equipe de Ananindeua.A equipe da Esmac celebra a conquista do hexacampeonato de Futebol Feminino

“Vejo com bons olhos essa evolução do futebol praticado por mulheres no nosso Estado, pois as mulheres estão cada vez mais empoderadas, ocupando os espaços, inclusive no futebol. E para nós, da Seel (Secretaria de Estado de Esporte e Lazer), é com muita gratidão que recebemos esse jogo de decisão no Mangueirão. Diante da situação de pandemia, fazemos o melhor possível para dar visibilidade ao futebol masculino e feminino”, disse o secretário de Estado de Esporte e Lazer, Arlindo Silva.

A Esmac já conquistou o título do Parazão em 2012, 2016, 2017, 2018, 2019 e este ano. O time campeão garante vaga para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A2, no próximo ano. “É uma emoção inexplicável. Com muito trabalho, chegamos aqui e somos hexacampeãs. Estou há 12 anos na Esmac e hoje estou aqui levantando a taça do campeonato”, disse a capitã Gislane Queiroz.A capitã Gislane Queiroz recebeu o troféu do campeonato de 2020

Novo desafio - O time da Esmac tem como técnico Mercy Nunes, enquanto Aline Costa é a técnica do Paysandu. “Estávamos desde o início do ano com um trabalho técnico bem estruturado. Veio a pandemia, mas graças a Deus nosso trabalho bem direcionado deu resultado. Temos mais um desafio em uma competição nacional, e eu tenho o sonho de levar o time à elite do futebol feminino, na série A1”, afirmou o treinador da Esmac.

A competição é uma realização da Federação Paraense de Futebol (FPF). “Tivemos um imprevisto com o atraso por causa da forte chuva, mas depois tivemos um grande jogo. Parabenizo a Esmac pelo título de campeã, ao Paysandu pelo segundo lugar, aos nossos patrocinadores, ao governo do Estado e à Seel, que não mediram esforços para realizar essa grande festa do esporte”, ressaltou Maurício Bororó, vice-presidente da FPF.

A transmissão oficial da decisão do Campeonato Paraense de Futebol Feminino foi feita pela TV Cultura para 108 municípios.