Hospitais Regionais em Santarém e Itaituba vão atender pacientes de Covid-19

Estado já providenciou a ampliação da área de atendimento no HRBA, que dividirá a demanda com o 'Regional do Tapajós'

27/10/2020 18h33 - Atualizada em 27/10/2020 19h23
Por Carol Menezes (SECOM)

O Governo do Pará firmou convênio com o Hospital Regional do Baixo Amazonas, localizado em Santarém, na região oeste, para ampliar a área com leitos destinados ao atendimento de pacientes com Covid-19. A decisão foi tomada após o fechamento do Hospital de Campanha instalado na sede municipal, que passou semanas sem demanda que justificasse sua manutenção.A estrutura do Hospital Regional do Tapajós também garantirá total apoio aos pacientes no oeste do Pará

"Estamos tratando sobre a estratégia de proteção à vida da população da região oeste, vendo a pressão sobre o sistema de saúde em Manaus (AM), e isto nos preocupa", declarou o governador Helder Barbalho, em vídeo divulgado nas redes sociais nesta terça-feira (27), ao lado do secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho.

Hospital Regional do Baixo Amazonas vai ampliar área de atendimento para casos de Covid"Desativamos o hospital provisório quando não mais havia demanda para justificar sua existência. E neste momento, para garantir a assistência, além do convênio com o HRBA (que integra a rede pública estadual de saúde), teremos o Hospital em Itaituba (Hospital Regional do Tapajós) como retaguarda para o tratamento de Covid de maneira prioritária. Pacientes de Itaituba, Novo Progresso, Jacareacanga, Trairão, Rurópolis e outros municípios podem buscar essa opção e descentralizar a procura. Quero reafirmar que nós, da Sespa (Secretaria de Estado de Saúde Pública), do Governo do Estado, estamos atentos para garantir o atendimento em saúde", reforçou o chefe do Executivo.