Menino que usou colete de papelão ganha farda e acolhimento da PM do Pará

Major que inspira o desejo de Daniel Dante Leão de querer ser policial agradece pelo reconhecimento ao trabalho da corporação

23/10/2020 22h28 - Atualizada em 24/10/2020 01h34
Por Taiane Figueiredo (PM)

A emoção de um encontro, que concretizou o sonho de um menino, dominou o cenário na manhã desta sexta-feira (23) na sede do 24º Batalhão de Polícia Militar, em Belém. Aos 12 anos, Daniel Dante Pinheiro Leão se viu diante do major Lima Neto, o policial militar que passou a admirar, e que se tornou o principal motivo para o menino expressar o desejo de ingressar nas fileiras da corporação.O abraço entre Daniel Dante e o major Lima Neto foi marcado pela emoção de um sonho concretizado

Daniel Dante Leão, que acompanha o trabalho do oficial da PM em programas de televisão, apareceu nas redes sociais com um colete feito de papelão com o nome do "capitão" Lima Neto. O pai do menino, Miguel Leão, 38 anos, ajudou na confecção do colete. A família, que reside no bairro 40 Horas, em Ananindeua (Região Metropolitana de Belém), não tem nenhum membro trabalhando na área de segurança pública, mas o menino já decidiu a carreira a seguir. “A gente incentiva. Ele via muito o major na televisão e a brincadeira dele é essa: ser policial”, contou o pai. 

Para a mãe, Maria das Dores Pinheiro, 34 anos, o desejo do filho “é muito gratificante. Nós, que temos filhos, pensamos muito no futuro e pedimos a Deus que eles não se envolvam em coisas erradas. Fico muito feliz por ele querer trabalhar em prol do bem”.Já com a réplica da farda militar, o menino recebeu também o carinho de outros membros da corporação

Reconhecimento – Tanto Daniel quanto o major Lima Neto não conseguiram esconder a emoção no encontro, quando o menino recebeu uma réplica da farda da Polícia Militar, uma capa de colete balístico e o diploma de “Amigo do 24º Batalhão”, além de brindes, cestas básicas e um café da manhã especial.

“Nessa vida não tem coisa mais importante que o reconhecimento que você tem por mim e pela minha instituição. Contem com o 24º Batalhão, pois este respeito e consideração reforçam cada vez mais nosso compromisso de servir e proteger os paraenses", afirmou o major Lima Neto, que parabenizou os pais pelo incentivo ao sonho do menino.Na viatura da PM, em ronda ostensiva, o menino reforçou o desejo de seguir a carreira de policial militar

Já com a farda, Daniel Dante Leão ainda acompanhou policiais militares em uma ronda ostensiva pelo bairro do Coqueiro, em Belém, em uma viatura. Foi a realização de um sonho infantil, que alimenta o desejo de um futuro a serviço da segurança pública.