Hospital Jean Bitar avalia mais 100 candidatos do 'Obesidade Zero' 

Primeiras avaliações desse novo grupo ocorrem nesta quinta-feira (24), com a equipe de cirurgia bariátrica

24/09/2020 11h36 - Atualizada em 24/09/2020 17h24
Por Joelza Silva (HJB)

Hospital Jean Bitar (HJB) está dando sequência aos mutirões para avaliar os candidatos a cirurgias bariátricas do Programa Obesidade Zero, do governo do Estado, que visa a diminuição da espera pelo procedimento no Pará. Esta semana a unidade convocou mais 100 candidatos: 40 deles estão sendo aguardados nesta quinta-feira (24), a partir das 16h30, na sexta-feira (25), às 15h, e no sábado (26), a partir das 8h. Toda semana 100 inscritos no programa serão consultados pela equipe de cirurgia bariátrica coordenada pelo Dr Carlos Armando Ribeiro.

O Hospital Jean Bitar é a unidade hospitalar do Estado referência na assistência a pacientes com obesidade. Dentro do programa, a unidade fará 20 cirurgias bariátricas por mês, além de toda a avaliação clínica do candidato e acompanhamento no pré e pós-operatório. O Hospital Público Galileu fará outras 20 cirurgias, totalizando 40 no total pelo 'Obesidade Zero'.

"A primeira avaliação consiste na triagem médica feita pela equipe de endocrinologistas, para verificação do peso e altura e cálculo do Índice de Massa Corpórea (IMC). A partir do resultado e do potencial de doenças associadas à obesidade, é definida a real necessidade, ou não, do candidato à cirurgia bariátrica", destaca o coordenador do Programa Obesidade Zero, o cirurgião bariátrico Carlos Armando Ribeiro.

Indicações de cirurgia bariátrica

Os candidatos que tiverem o IMC abaixo de 35 não serão indicados ao procedimento, mas serão encaminhados para o serviço de endocrinologia do próprio hospital para tratamento clínico da obesidade grau 1.

No caso dos avaliados com IMC entre 35 e 39, é necessário que, além disso, apresentem doenças associadas à obesidade grau 2, para fazer o procedimento cirúrgico. Estarão aptos, também, os candidatos que apresentarem IMC igual ou maior que 40, que serão encaminhados ao acompanhamento por equipe multiprofissional para fazer a cirurgia, mesmo sem doenças associadas à obesidade grau 3.

Acesso ao Programa Obesidade Zero – O primeiro passo para o paciente ser atendido é acessar, pelo site da Sespa, o hotsite do Programa, desenvolvido em parceria com a Prodepa (Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará).

O hotsite permite ao paciente tirar dúvidas sobre o procedimento e fazer uma autoavaliação, por meio do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), e também respondendo a algumas perguntas, que informarão ao paciente, naquele mesmo momento, se ele tem ou não indicação para fazer a cirurgia bariátrica.

Referência - O Hospital Jean Bitar presta assistência de média e alta complexidade aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Com 70 leitos, é referência estadual para procedimentos de endoscopia digestiva alta e colonoscopia, cirurgia gastrointestinal e algumas especialidades clínicas, como endocrinologia, reumatologia, geriatria e pneumologia. Para atendimento, é necessário o encaminhamento de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), após ser marcado pela Central de Regulação do Estado.

Serviço:

O Hospital Jean Bitar fica na Rua Cônego Jerônimo Pimentel, bairro Umarizal, em Belém. Outras informações: (91) 3239-3800.