Pacajá ganha sua primeira agência bancária e volume recorde de investimentos em infraestrutura

14/08/2020 18h21 - Atualizada em 15/08/2020 18h43
Por Carol Menezes (SECOM)

Governador Helder Barbalho durante a entrega da instituição bancáriaPacajá, no sudoeste paraense, recebeu nesta sexta-feira (14), a primeira etapa do que já é considerado o maior pacote de obras da história do município. O governador Helder Barbalho foi pessoalmente conferir as intervenções de drenagem e pavimentação asfáltica em quase 20 quilômetros das principais ruas e avenidas da cidade. Ele também entregou a primeira agência local do Banco do Estado do Pará (Banpará).

"Volto aqui depois de um ano para podermos já colher os frutos do trabalho feito graças à união entre os governos estadual e municipal. Nunca houve um volume de investimentos como esse em Pacajá, que significa uma vida melhor para quem mora aqui, significa tirar as pessoas da lama no inverno e da poeira no verão", comemorou Helder Barbalho. "É o início de um novo tempo, de esperança, trabalho e desenvolvimento", reforçou ele, que esteve nas obras da Praça da Bíblia, também viabilizada por meio de um convênio entre Estado e município, e prevista para ser entregue em outubro deste ano.

Adelina Lima Brito é moradora da rua Esperança desde a década de 70, uma das vias que já foi totalmente revitalizada. É a primeira vez que ela tem asfalto na porta de casa. "Era poeira demais, agora já melhorou bastante, e vai ficar melhor, né? É o que a gente espera", contou.

A doméstica Antônia Xavier mora só há um ano logo ao lado de Adelina. Durante esse tempo, os filhos dela, que são asmáticos, não podiam brincar no pátio frontal da casa. "E mesmo assim, um deles chegou a sofrer de sinusite. Agora até na rua eles brincam, fazem caminhada", explicou, confirmando a melhoria da qualidade de vida da família.

O agricultor Milton Sá de Luz, morador da mesma área há 15 anos, revelou ter ouvido muitas promessas sobre asfaltamento. "Aqui era muito empoeirado. Passava um carro e já cobria tudo aqui de poeira. Nunca tinha ficado assim, asfaltado, único Governo que vi fazer isso. Ficou mais confortável para quem mora aqui", elogiou.

Parceria - "Hoje a palavra aqui é gratidão. Agradeço ao governador, porque se não fosse ele, Pacajá não estava tão alavancada para o sucesso", reconheceu o prefeito da cidade, Chico Tozetti (MDB). Ele confirmou durante a visita de Helder a entrega de três quilômetros de ruas no bairro que leva seu sobrenome, e ainda três pontes de concreto nas vias urbanas. "Foi o único governador que olhou para nós, acreditou, investiu. Antes dele, parece que não existíamos", lamentou o gestor. 

Banpará vai ofertar todos os serviços disponibilizados em Belém e outras cidadesComodidade - Até ontem, a população do município precisava se deslocar ou a Anapu ou a Tucuruí para recorrer a serviços bancários. A agência do Banpará entregue tem 279,8 m2, oferta todos os serviços disponibilizados em Belém e outras cidades - desde a abertura de contas a solicitação de linhas de crédito diversas.

Com mais essa unidade em funcionamento, a instituição financeira expande sua cobertura e alcança mais de 75% de todo o território estadual. "Já estamos presentes em 108 municípios e, até o final da gestão, queremos o Banpará presente em todos os 144, para que seja alternativa de crédito subsidiado e com perfil social, de apoio ao comércio, ao agronegócio, à construção civil", declarou o governador.

Ao lado do presidente do banco, Braselino Assunção, Helder Barbalho acompanhou a abertura da primeira conta corrente na nova agência bancária. "Será um espaço importante para o funcionário público, que pode receber seu pagamento aqui, de forma confortável, sem precisar se deslocar a outro município. Estamos felizes de participar do desenvolvimento da cidade", reforçou Braselino.

O fazendeiro João Batista mora em Pacajá e junto com a família, trabalha na área do agronegócio na região. Com a chegada do Banpará à cidade, ele adiantou que todos abrirão suas contas, o que deve facilitar a rotina da família.

"É muito importante ter uma agência aqui, não ter que ir em outro município só para ir em banco. E tem a questão do crédito, que vai me ajudar, e vai ajudar o comércio e outras negócios daqui" - fazendeiro João Batista, morador de Pacajá.

O deputado estadual Ozório Juvenil (MDB), com atuação forte na região, acompanhou as agendas de Helder. "Estamos vendo que o Governo está presente em todas as regiões. Pacajá é dos municípios que mais cresce, e graças a esse enlace de forças", concluiu o parlamentar.

Tecnologia - Assim como a agência no município de Piçarra, também entregue hoje, a de Pacajá conta com o serviço de satélite da Telebrás para fornecimento de dados, graças a uma parceria firmada com a Prodepa. 

O acordo permite a utilização de enlaces satelitais com o Satélite Geoestacionáriao de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), que permite sinal em áreas remotas e pouco povoadas, onde seria econômica e geograficamente inviável a instalação de fibras óticas, por exemplo.