Funsau credencia Hospital Porto Dias para atender militares e seus dependentes

A unidade sediada em Belém é referência em traumatologia e procedimentos de alta complexidade

03/08/2020 19h56 - Atualizada em 03/08/2020 21h41
Por Matheus Soares (PM)

O Fundo de Saúde da Polícia Militar (Funsau) firmou na tarde desta segunda-feira (3) mais uma parceria para ampliar a assistência à saúde dos policiais militares e seus dependentes. Foi assinado um contrato de credenciamento, que vai permitir aos usuários do Funsau o acesso aos diversos serviços oferecidos pelo Hospital Porto Dias (HPD), em Belém.

O documento foi assinado pelo comandante-geral da Polícia Militar do Pará, coronel Dilson Júnior, no Quartel do Comando-Geral (QCG), e contou com as presenças do diretor clínico do HPD, Diogo Dias; do subdiretor do Funsau, tenente-coronel Fernando Bilóia, e do diretor do Corpo Militar de Saúde, coronel Lísio Hermes.A parceria entre o Funsau e o Hospital Porto Dias foi oficializada no Comando-Geral da Polícia Militar

Nos próximos dias, os usuários do Funsau e seus dependentes vão contar com os serviços de urgência e emergência, exames de imagem, internação, consultas, cirurgias, exames, traumatologia, nutrição, sala para curativos de internados, necrotério, farmácia hospitalar e Centro de Terapia Intensiva (CTI), entre outros serviços e especialidades. O HPD é referência na área de traumatologia e tratamentos de alta complexidade.

Qualidade - “Para nós é uma satisfação muito grande atender e servir aos profissionais que cuidam e zelam pela segurança pública no dia a dia. Assim como fazemos com os demais pacientes que atendemos, nós faremos o melhor para entregar o máximo de qualidade, segurança e conforto para os beneficiários e contribuintes do Funsau”, garantiu o diretor Clínico do HPD, Diogo Dias.O comandante-geral da PM, coronel Dilson Júnior; o diretor clínico do HPD, Diogo Dias; o tenente-coronel Fernando Bilóia, e o diretor do CMS, coronel Lísio Hermes

Além dos diversos serviços de saúde destinados ao atendimento dos militares e dependentes, “o Hospital Porto Dias vai disponibilizar à Polícia Militar um heliponto, que poderá ser utilizado pelo Grupamento Aéreo do Estado (Graesp) no traslado de pacientes em estado grave, e ainda permitir pousos e decolagens de helicópteros durante as operações do Sistema de Segurança Pública”, destacou o tenente-coronel Fernando Bilóia. 

O coronel Lísio Hermes disse que o “credenciamento do Hospital Porto Dias vai suprir as demandas do Funsau de forma complementar, permitindo que nossos policiais tenham acesso aos serviços de saúde necessários”.