Nove pessoas são presas em Salinópolis pelo crime de alcoolemia

Também foram fechados 22 estabelecimentos comerciais e intensificado o combate à poluição sonora

02/08/2020 16h21 - Atualizada em 02/08/2020 17h24
Por Cristiani Sousa (PC)

A Polícia Civil do Pará prendeu em Salinópolis nove pessoas por alcoolemia (condução de veículo após ingestão de bebida alcoólica). A ação, ocorrida no sábado (1º), durante a Operação Lei Seca, contou com a parceria do Departamento de Trânsito do Estado (Detran). As equipes da Divisão de Polícia Administrativa (DPA) fiscalizaram 60 estabelecimentos e fecharam 22, dos quais 19 em Salinas.Policiais, com apoio das viaturas, retiraram banhistas da praia após o horário permitido

Policiais civis da Divisão Especializada em Meio Ambiente e Proteção Animal (Demapa) fiscalizaram 22 estabelecimentos comerciais e 33 veículos para combater poluição sonora em Salinópolis e no distrito de Mosqueiro, pertencente a Belém.

Somente no sábado, a Polícia Civil realizou 15 prisões, decorrentes de vários crimes. A equipe da Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV) registrou a apreensão de um adolescente em Mosqueiro.

Ainda na noite de sábado, as forças de segurança precisaram dispersar banhistas na Praia do Atalaia. De forma integrada, os agentes usaram viaturas na ação de esvaziamento do local, onde só é permitido o acesso até 17 h e a permanência, até 19 h, de acordo com o decreto municipal que estabelece medidas de prevenção à Covid-19.