Sejudh lança cartilha digital sobre direitos das mulheres ao longo dos anos

Documento traz as garantias conquistadas, conceitos e onde a vítima de violência doméstica pode procurar ajuda

30/06/2020 14h44 - Atualizada em 30/06/2020 15h45
Por Governo do Pará (SECOM)

A apresentação da cartilha digital “Os Direitos da Mulher na Linha do Tempo” ocorreu por videoconferênciaA Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio da Coordenadoria de Integração de Política para Mulheres (CIPM), lançou, na manhã desta terça-feira (30), a cartilha digital “Os Direitos da Mulher na Linha do Tempo”. A apresentação ocorreu por videoconferência, com o intuito de compartilhar conhecimentos e ajudar a luta de centenas de mulheres.

A cartilha aborda, de forma educativa, a garantia dos direitos das mulheres na sociedade, os que já foram conquistados, conceitos de gêneros e onde a vítima de violência doméstica pode procurar ajuda. A ideia é contribuir com o trabalho dos movimentos sociais, colaboradores que atuam com os atendimentos às vítimas ou que trabalham no enfrentamento, além da população em geral.

Segundo a coordenadora da CIPM, Márcia Jorge, lançar esta cartilha ajudará todos os perfis de mulheres, tanto para proporcionar conhecimentos como também para salvar vidas. “A construção foi muito importante pra gente, pois, principalmente neste período de isolamento social, em que as mulheres estão sendo mais agredidas em casa, serve como uma ferramenta didática, podendo, também, ajudar muitas que não sabem onde procurar seus direitos ou pedir ajuda”, declarou a coordenadora.

Participaram do lançamento representantes do Conselho Estadual da Mulher, Procuradoria Especial da Mulher, Assembleia Legislativa do Estado do Pará, gestoras de políticas para mulheres municipais, além do Projeto Qualifica Pará e movimentos sociais. 

Serviço:

A cartilha está disponível neste link.