Formação de professores para o Enem ganha formato virtual

Escola de Governança Pública oferece a capacitação a partir desta segunda-feira

28/06/2020 13h11 - Atualizada em 28/06/2020 17h35
Por Isabela Quirino (EGPA)

Desde o início das novas regras de distanciamento social, a Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) está propondo alternativas de capacitação para os servidores públicos estaduais. Uma delas é oferecer no ambiente virtual um projeto iniciado no último ano: a Formação de Professores de Ensino Médio para o Enem – Exame Nacional do Ensino Médio - (Forpem).

A iniciativa propõe uma mesa de debate virtual, com a participação de professores que atuaram como formadores nas primeiras edições da formação. Com o tema “O ensino das áreas de conhecimentos por meio de ambientes virtuais para aprendizagens: desafios e possibilidades”, a primeira turma iniciará nesta segunda-feira (29). A programação será transmitida a partir de 17 h, pelo canal no Youtube da Escola de Governança (https://www.youtube.com/channel/UC43pJCpI3Jh6LQEjCIYThlA).

A capacitação é destinada a professores do ensino médio“Além da capacitação, esta é uma maneira de valorizar o profissional e colaborar com sua motivação no trabalho. Estamos vivendo um momento de reestruturação para todos, e a EGPA leva a inovação aos servidores do Pará com o objetivo de melhorar a entrega do serviço público ao cidadão paraense. Isto inclui os professores que precisam se capacitar para ministrar aulas sobre o Enem”, informa a diretora-geral da Escola de Governança, Evanilza Marinho. 

Participarão do debate o professor Kleber Leite, historiador da Universidade Federal do Pará (UFPA); professor Roberto Araújo, mestre em Letras, da UFPA; professor Carlos Miranda, doutor em Educação Matemática pela Pontifícia Unidade Católica (PUC); professora de Língua Portuguesa Sueanne Freitas, da UFPA, e o professor Alcemir Maia, licenciado em Química pelo Instituto Federal do Pará (IFPA). O objetivo é abordar uma variedade de disciplinas no debate, para atender professores das diferentes áreas de conhecimento aplicadas no Enem.

Carlos Miranda, professor de Matemática na rede estadual de ensino e um dos formadores das duas últimas edições da programação, destacou a importância da formação. “O Forpem nasceu de uma ideia de superar uma fragilidade que ainda existe nos professores: a necessidade de formação para discutir os elementos teóricos e metodológicos do Enem”, informou.

Segundo ele, o formato virtual do projeto é relevante no cenário atual. “Há uma mudança metodológica forte e estamos nos adaptando. Acredito que este tipo de encaminhamento seja muito positivo para os professores que participarão. O Forpem é um projeto de compartilhamento de experiências, e é exatamente o que faremos nesta segunda-feira”, acrescentou.

TerPaz - No último ano, mais de 100 professores concluíram a capacitação, atendendo 21 escolas de ensino médio dos bairros Bengui, Cabanagem, Guamá, Jurunas, Terra Firme, Icuí e Nova União, que integram o Programa Territórios pela Paz (TerPaz).

A Formação de Professores de Ensino Médio para o Enem é um projeto da EGPA, desenvolvido com professores das escolas dos bairros atendidos pelo TerPaz e realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), com a colaboração da Coordenação do Ensino Médio, Centro de Formação dos Profissionais da Educação Básica do Estado do Pará (Cefor) e Unidades Seduc na Escola (USEs).