Com medidas de prevenção, Espaço São José Liberto reabre na terça (23)

Espaço funcionará das 10h às 16h, seguindo rigorosos protocolos de segurança e prevenção ao novo coronavírus

22/06/2020 11h20 - Atualizada em 22/06/2020 14h30
Por Marília Jardim (ESJL)

Retorno das atividades no Espaço São Jose Liberto ocorrerá de forma gradual e obedecendo protocolos de prevenção ao coronavírusO Espaço São José Liberto retoma, a partir desta terça-feira (23), de forma gradual, as suas atividades de comercialização de joias, gemas, artesanato e moda, seguindo rigorosos protocolos de segurança e prevenção ao novo coronavírus.

O protocolo de operações, elaborado pelo Instituto de Gemas e Joias da Amazônia – Igama, organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento, Mineração e Energia (Sedeme) – é baseado no decreto estadual n°800/2020 e está dividido em fases destacadas em um calendário de atividades graduais, de acordo com as orientações das autoridades de saúde e do governo do Pará.

O horário de funcionamento será de terça-feira a domingo, de 10h às 16h. Na primeira fase de reabertura, o acesso será apenas pela porta frontal e o uso de máscaras por colaboradores, clientes, lojistas, visitantes, representantes institucionais é obrigatório.

O acesso se efetivará após o fluxo de triagem de pessoas por meio do serviço de aferição de temperatura, procedimento que será universalizado a todos e todas sem distinções de funções. Nesse primeiro momento, não será permitido o atendimento de grupos turísticos com mais de 15 pessoas.

Medidas de prevenção

Durante o período em que o prédio esteve fechado, nos meses de abril, maio e junho, para acesso ao público, foram realizados os serviços de revisões no telhado (limpeza); revisões com correções de possíveis infiltrações para evitar mofo e doenças respiratórias; pinturas de áreas internas comuns; limpeza geral do sistema de refrigeração do prédio e das lojas e as revisões de banheiros foram mantidas.

No dia 18 de junho, foi realizada uma sanitização geral, interna e externa, que também ocorrerá de 15 em 15 dias. Na última sexta-feira (19), foi feito um reordenamento e limpeza de produtos do Espaço Moda e Casa do Artesão para ampliar os espaços de circulação entre os visitantes. Também estão sendo instalados pumps de álcool em gel nas áreas comuns do prédio.

Atendimento ao público

O atendimento ao público será monitorado por contagem (entrada x saída) sequenciado pelo volume de até 100 pessoas por vez, a cada redução o fluxo de entrada será efetivado de forma dinâmica. O fluxo de acesso dar-se à mediante orientação sobre a higienização de mãos com álcool gel que será disponibilizado na entrada do prédio.

As recepções e caixas dos espaços comuns e das lojas orientarão o público sobre o distanciamento com faixa demarcadora, além da sinalização de distanciamento como medidas de proteção à saúde. As lojas deverão orientar os seus clientes a seguir as normas de acesso organizando a espera se necessário em fila de acesso externa, bem como só será autorizado dois (02) clientes por vez para atendimento, exceto a Casa do Artesão e Espaço Moda.

Todas as equipes de recepção e vendas do Igama e lojistas devem atender com máscara de pano e face shield. As vendas de joias serão efetivadas com luvas descartáveis para efeito de manuseio do vendedor e do cliente. Não estão autorizadas experimentar roupas no processo de venda de produtos de moda e vestuário.

Neste primeiro momento, será autorizado o funcionamento dos serviços de alimentação do Espaço Gourmet apenas nas modalidades delivery e ou entrega por encomendas, de forma que também não estão autorizadas a realização de alimentação no ESJL.

Programação para outras atividades

A partir de 1° de julho, será autorizada a reabertura para a entrega de novos produtos e o atendimento a novos empresários. A partir do dia 7 de julho será a retomada do funcionamento de recebimento para avaliação técnica de joias, gemas e produtos de moda, mediante agendamento.

Em agosto, o Espaço São José Liberto deve retomar as atividades de capacitação, como cursos, palestras e workshops, de forma presencial e digital; reabrir o Museu de Gemas, conforme definição do Sistema Integrado de Museus (SIM) e Secretaria de Estado de Cultura (Secult); reabertura da Escola Rhama de Ourivesaria e realização de exposições de joias e produtos de moda.

Caso sejam emitidos novos protocolos que assegurem a segurança sanitária de todos, de setembro a dezembro estima-se a retomada de outras atividades, como os eventos comerciais com feiras e a ampliação do horário de funcionamento do Espaço São José Liberto.